10 de 13 setores da indústria retomaram nível de produção pré-pandemia

A indústria brasileira está a todo vapor! Mas será que a economia também está?

Isso porque 10, dos 13 setores da indústria, já retomaram ou superaram o nível de produção de antes da pandemia da Covid-19.

Publicidade

Publicidade

Mas qual o motivo dessa retomada? É isso que você descobre neste artigo. Acompanhe! 

10 de 13 setores da indústria retomaram nível de produção pré-pandemia
10 de 13 setores da indústria retomaram nível de produção pré-pandemia.

Industria: confira os setores que apresentaram crescimento 

Dentre os setores que chamaram a atenção, estão o cimento e o papel. A produção de cimento, está 22% superior ao que registrava em 2019. 

No setor de papel, o crescimento foi de 15% e no de plásticos, de 7,9%. 

Publicidade

Publicidade

Uma pesquisa do Itaú Unibanco indica que entre os setores com desempenho acima do período pré-pandemia está o siderúrgico e o de embalagens que também movimentam a indústria de papel.

Além disso, a produção de aço bruto cresceu 3,5% na primeira metade do ano, com um total de 18 milhões de toneladas.

Marco Polo de Mello Lopes, presidente executivo do Instituto Aço Brasil, comenta como a produção do aço afeta, também, o PIB brasileiro: 

Consumo de aço e desenvolvimento econômico andam juntos, não é à toa que está se fazendo revisão de PIB pois, de fato, está ocorrendo uma recuperação – diz Lopes. 

Confira outros percentuais da produção industrial em 2021:

  • Aço bruto: aumento de 4% na produção
  • Alimentos e bebidas: aumento de 23,5% no faturamento
  • Calçados: queda de 14,5% na produção
  • Eletrodomésticos: aumento de 0,61% nas vendas
  • Eletroeletrônicos: aumento de 1,8% na produção
  • Máquinas e equipamentos: aumento de 27,6% na receita líquida
  • Químicos: aumento de 3% na produção
  • Têxtil: aumento de 0,7% na produção
  • Veículos: queda de 21,8% na produção
  • Vestuário: queda de 5,6% na produção

Porém, no momento, a grande preocupação é que uma nova cepa da covid-19 obrigue governos a novamente adotar medidas de isolamento, o que teria efeito direto na esperada recuperação da economia. 

O crescimento significa que a economia do melhorou? 

Infelizmente, uma coisa não está diretamente relacionada a outra. Ou seja, é possível que a indústria cresça, mas a economia permaneça no mesmo patamar. 

Publicidade

Publicidade

Especialistas indicam que parte da indústria está com atividade aquecida em razão de reposição de estoques e não necessariamente por crescimento da demanda. 

Pedro Renault, economista do Itaú Unibanco, alerta para o aumento dos juros, que muda a capacidade de investimento das empresas e a do consumidor em se financiar. 

Isso tende a tirar um estímulo da economia que está presente agora.

 Vale ressaltar que a taxa Selic está hoje em 4,25% ao ano, porém a projeção é de que termine o ano a 6,75%.

O economista da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Fabio Bentes, vê um cenário positivo,  porém não dourado. Para ele, vários obstáculos, como a alta do preço da energia, que deverão ser repassada às mercadorias.

A energia também corrói parcela significativa da renda do consumidor e sobra menos para o consumo.

Publicidade

As informações são do Portal Poder 360° e do Estadão.

Publicidade

Jornalista com mais de 8 anos de experiência. Trabalhou como redatora, repórter e produtora na emissora Nossa Rádio FM e produtora na Metropolitana AM, depois foi diretora-geral do conhecido podcast Mamilos, passou por algumas agências de São Paulo e Rio de Janeiro e agora, além de colaboradora da WebGo Content, é Copy Content na In House da divisão agrícola da Bayer e Host/Criadora do podcast "Me Empresta Seus Óculos".
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário