INSS pagará 13° para novo grupo de aposentados segunda feira, dia 5 de junho

O Instituto Nacional do Seguro Social  (INSS) é o responsável por fazer a distribuição dos direitos dos trabalhadores brasileiros que se aposentaram ou que tem condições especiais para receber demais auxílios.

Você sabia que o INSS fará o pagamento do 13º salário para um novo grupo de aposentados nesse segunda-feira? Veja aqui quem são essas pessoas, quem possui esse direito e tudo que precisa saber sobre o assunto.

Publicidade

Publicidade

Continue lendo e fique por dentro de como funciona todo o procedimento.

INSS pagará 13° para novo grupo de aposentados segunda-feira, dia 5 de junho

INSS pagará 13° para novo grupo de aposentados segunda feira, dia 5 de junho
INSS pagará 13° para novo grupo de aposentados segunda feira, dia 5 de junho | Imagem: UOL

O INSS fará o pagamento da segunda parcela referente ao pagamento do 13º salário adiantado nessa segunda-feira. Aqueles aposentados que ganham até um salário mínimo – R$1,1 mil – e possuem o final do benefício finalizado em 8, além daqueles que recebem R$550 no dia de hoje.

Ademais, aqueles que recebem valores acima de R$1,1 e tem o benefício finalizado em 3 ou em 8, também vão ter o recebimento da segunda parcela.

Publicidade

Publicidade

Também possuem direito aqueles que tenham tido o recebimento do auxílio por incapacidade temporário, por auxílio acidente ou também o auxílio reclusão referente ao ano corrente.

O decreto de número 10.695, do qual foi publicado no Diário Oficial da União, mais exatamente no dia 5 de maio, fez a oficialização da antecipação do 13º salário para mais ou menos 31 milhões de aposentados e pensionistas no Instituto.

Esse pagamento terá sua data de finalização ainda no mês de julho, conforme o seguinte calendário que você pode acompanhar abaixo:

Para aqueles que recebem até um salário mínimo?

  • Final de benefício 1 – 24 de junho;
  • Final de benefício 2 – 25 de junho;
  • Final de benefício 3 – 28 de junho;
  • Final de benefício 4 – 29 de junho;
  • Final de benefício 5 – 30 de junho;
  • Final de benefício 6 – 1º de julho;
  • Final de benefício 7 – 2 de julho;
  • Final de benefício 8 – 5 de julho;
  • Final de benefício 9 – 6 de julho;
  • Final de benefício 0 – 7 de julho.

Para aqueles que ganham acima de R$1.100

  • Finais de benefício 1 e 6 – 1º de julho;
  • Finais de benefício 2 e 7 – 2 de julho;
  • Finais de benefício 3 e 8 – 5 de julho;
  • Finais de benefício 4 e 9 – 6 de julho;
  • Finais de benefício 5 e 0 – 7 de julho.

Como funciona o 13º salário?

Conhecido por ser uma gratificação salarial que é paga no mês de dezembro de cada ano para os trabalhadores de CLT, o décimo terceiro existem há alguns anos em terras brasileiras, mais precisamente desde 1962.

Conhecida também como uma gratificação de natal, ela antes era ofertada pela iniciativa própria de algumas empresas, passando a se tornar oficial para o trabalhador, sendo assim, recebido um salário extra no final de cada ano, sendo ele proporcional aos meses em que trabalhou.

Ou seja, se o trabalhador está há mais de um ano no mesmo emprego, terá acesso a um salário integral, porém, se está 6 meses no cargo, por exemplo, receberá apenas 6/12 dessa parcela.

Quem são as pessoas com acesso ao 13º salário?

  • Todo trabalhador do qual tenha carteira assinada, no mínimo 15 dias trabalhados no mês. Estão incluídos: trabalhadores rurais, urbanos, avulsos, domésticos e até mesmo aqueles que são aposentados e pensionistas do INSS tem direito ao décimo terceiro.
  • Empregados que sejam demitidos por justa causa não tem direito ao 13º salário (se a rescisão tenha acontecido antes do pagamento da parcela).
  • Empregados afastados dos quais começaram a receber o auxílio-doença que tiveram seu contrato de trabalho suspenso, dessa forma, será preciso pagar o 13º salário proporcional do tempo que trabalhou durante o ano, sendo o restante pago pelo INSS.
  • Já aqueles que estão afastados por acidente de trabalho também possuem o direito ao 13º salário proporcional do tempo que trabalharam durante o ano, sendo que o restante deverá ser pago pelo INSS, se o empregado está afastado por acidente de trabalho durante todo o ano, o responsável pelo pagamento do 13º salário integral também é o próprio INSS.
  • O estagiário não possui direito ao recebimento do 13º salário. Mas, algumas empresas, por espontânea vontade, decidem fazer essa bonificação.
Publicidade

Publicidade

Portanto, você trabalhador brasileiro que possui esse direito, deve ficar de olho no final do ano, visto que esse é um direito seu como proletariado, não abra mão dele e caso seja necessário, recorra aos seus direitos.

Continue acompanhando nosso site para receber estas e demais informações sobre como funcionam os direitos do trabalhador brasileiro, quais são eles, o que se deve ter atenção e muito mais.

Aqui você recebe atualizações diárias!

Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário