5º Festival de Cinema de Caruaru é encerrado com homenagens e premiações

0

Foi realizado nesta sexta-feira (16) o encerramento do 5º Festival de Cinema de Caruaru. O momento foi dedicado à premiações dos curtas e longas-metragens apresentados no evento. Os filmes abordaram temas plurais da sociedade, que fogem do circuito tradicional do cinema brasileiro.

A noite foi marcada por homenagens aos representantes dos festivais de cinema realizados no Agreste e Sertão, como o Curta Taquary, o Cine Jardim, o Curta na Serra, o Kino Minuto e Poesia na Tela e o Orobó Cine. Além disso, os participantes das oficinas puderam contar a experiência de vivenciar os mais diversos conteúdos referentes à produções cinematográficas.

O homenageado desta quinta edição do Festival foi o caruaruense, ator e jornalista, Giovani Gomes. Ele agradeceu a homenagem e expressou a felicidade em prestigiar o sucesso do evento. “O Festival é um grande empenho de trazer para Caruaru a arte e a cultura. E que ele sempre esteja no calendário de eventos de nossa cidade. Aqui se lança atores, dirigentes, artistas. O cinema é completo. Eu digo que se um País não tem cultura, ele não respira. A cultura faz com que o ser humano seja sensível a tudo que está em sua volta”, afirmou.

Em sequência, a cerimônia seguiu com as premiações. Os filmes foram avaliados nas categorias de melhor fotografia, direção, melhor atriz e ator, melhor filme e roteiro, além de menção honrosa, melhor cartaz e melhor animação.

O diretor e organizador do Festival de Cinema de Caruaru, Edvaldo Santos, agradeceu e comemorou o sucesso do evento. “A participação do público local fez que com a gente batesse o recorde de visitantes e envolvimento dos participantes. Conseguimos promover uma formação maior durante esses seis dias, foram cinco oficinas de grande porte e mais exibição nas escolas. O Festival teve uma visibilidade a nível nacional, por ver a quantidade e qualidade dos filmes inscritos. Só tenho a agradecer pela oportunidade de discutir cinema em nossa região com tantos profissionais”, concluiu.


Lista dos premiados –

Mostra Ibero-Americana de Curtas-Metragens

Melhor filme: ‘Um Escuro Dia de Injustiça’

Mostra Infantil de Curtas-Metragens

Melhor filme: ‘O Malabarista’

Mostra Juvenil de Curtas-Metragens

Melhor filme: ‘Solo’

Mostra Brasil de Longas-Metragens

Melhor cartaz: ‘Amores de Chumbo’
Melhor atriz: Darlene Glória, de ‘Beiço de Estrada’
Melhor ator: Aderbal Freire Filho, de ‘Amores de Chumbo’
Melhor fotografia: Vinicius Berger, do filme ‘Christabel’
Melhor roteiro: Rafael Crespo, de ‘Quem Mora Lá’
Melhor direção de arte: Séfora Silva, ‘Amores de Chumbo’
Melhor direção: Tuca Siqueira, ‘Amores de Chumbo’
Menção Honrosa: filme ‘Pesado: que som é esse que vem de Pernambuco?
Melhor filme: ‘Quem Mora Lá’, dirigido por César Vieira
Melhor filme: ‘Amores de Chumbo’, dirigido por Tuca Siqueira
Melhor filme júri jovem: ‘Quem Mora Lá’

Mostra Brasil de Curtas-Metragens

Melhor cartaz: Filme ‘Aquarela’
Melhor atriz: Marina Vianna, do filme ‘Ao Final da Conversa eles se despedem com um abraço’
Melhor ator: Gabriel Godoy, do filme ‘Tenha um Ótimo Dia’
Melhor fotografia: Adalberto Oliveira, filme ‘Entremarés’
Melhor roteiro: ‘’Asra’, de Caio Cortonesi
Melhor direção: Anna Andrade, do filme ‘Entremarés’
Menção honrosa: ‘Na Pisada’, de Sérgio Santos
Melhor filme: ‘Eu sou o Super-Homem’, dirigido por Rodrigo Batista
Melhor filme: ‘Entremarés’, de Anna Andrade
Melhor filme júri jovem: ‘Eu sou o Super-Homem’

Mostra Agreste de Curtas-Metragens

Melhor cartaz: ‘A Alma Ainda Fica’
Melhor atriz: Renna Costa, do filme ‘Baldía’
Melhor ator: Buda Lira, do ‘Rasga Mortalha’
Melhor fotografia: Breno César, do filme ‘Geronimo’
Melhor roteiro: Leandro Alves, por ‘Avalanche’
Melhor direção: Anny Stone, de ‘Geronimo’
Melhor filme: ‘Baldia’, de Renna Costa

Mostra Universitária de Curtas-Metragens

Melhor cartaz: ‘Humanequim’
Melhor documentário: ‘Renascença’
Melhor animação: ‘Ciclia’
Melhor atriz: Victoria Melo, do filme ‘Rubra’
Melhor ator: Mozart Oliveira, por ‘Aurora’
Melhor fotografia: Rafael Lima, do filme ‘Humanequim’
Melhor roteiro: Thaiza Ferreira, do filme ‘Retrato’
Melhor direção: Antonio Vasconcelos, por ‘Humanequim’
Melhor filme: ‘Aurora’, de Twany Santos







Comentários