70 toneladas de óleo são retiradas de praias em Pernambuco

O fim de semana foi de esforço coletivo para a limpeza das praias impactadas pela mancha de óleo que se espalha pelo litoral. Ao todo, segundo informações do governo de Pernambuco, foram retiradas mais de 70 toneladas do produto em sete praias da costa pernambucana.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Também foram instaladas barreiras de contenção na foz dos Rios Persinunga, Maracaípe, Mamucabas e Una. Em coletiva de imprensa neste domingo, o almirante Leonardo Puntel, comandante de Operações Navais da Marinha, falou sobre as características do óleo encontrado.

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do estado, Antônio Bertotti, destaca a importância do monitoramento aéreo da mancha.

Segundo dados do Ibama, as primeiras manchas de óleo foram identificadas no fim de agosto, no litoral da Paraíba. O instituto já contabilizou duzentas regiões afetadas, em nove estados brasileiros.

Outro levantamento verificou que 67 animais oleados foram encontrados na costa, e 14 tartarugas morreram em decorrência da contaminação.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em nota, o Ibama informou que continua a realizar o estudo do impacto ambiental na região, e utiliza barreiras de contenção para evitar a dispersão do óleo.

Já a investigação da origem do produto é conduzida pela Marinha que, junto com a Polícia Federal, notificou 30 navios tanques de dez diferentes bandeiras a prestarem esclarecimentos.

Por: EBC

divulgação

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar