Após semana se aperfeiçoando e com mais opções, Náutico encara CRB para encostar no G4

Técnico Alexandre Gallo e comandados demonstraram preocupação em voltar a encostar no grupo de acesso à Série A do Campeonato Brasileiro

Do Superesportes

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O início oscilante da Série B não apontava que o Náutico estaria entre os melhores times da competição, muito menos que brigaria pelo acesso à Série A. Em quatro rodadas foram duas derrotas fora de casa e duas vitórias em São Lourenço da Mata. Os jogos seguintes mostraram outro Náutico. Rápido e letal. O time entrou no G4 após cinco jogos sem perder e provou que tinha condições de brigar pelo acesso. Porém, a oscilação voltou e o time caiu de produção. Agora, o momento é de voltar a crescer, Buscar a recuperação contra o CRB, às 16h30 de hoje, para voltar ao “bolo”.

O Timbu, que começou a rodada na oitava colocação, sabe que o principal item da receita do acesso é conseguir vencer em casa. Um desafio difícil, diante do retrospecto do adversário. O time alagoano possui o segundo melhor aproveitamento como visitante, atrás apenas do Vasco (66,6%).

“Respeitamos muito a equipe do CRB, mas precisamos vencer. Estão à nossa frente, mas temos que voltar àquele bolo. Sempre costumo dizer que precisamos estar entre o 1º e o 8º colocado. Queremos estar sempre a três pontos de uma classificação”, afirmou o técnico Alexandre Gallo.

O foco na partida é tão grande que Maylson fez questão de lembrar aos companheiros que não adianta pensar muito na frente. O principal é focar no próximo duelo, mesmo sabendo que o Timbu jogará três das próximas quatro partidas como mandante. “São cinco jogos para acabar o primeiro turno. Temos que pensar no jogo a jogo, não adianta pensar no Oeste, que é o último jogo do primeiro turno. Temos que pensar agora no CRB. É fundamental essa vitória para continuarmos na briga.”

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O time
Para que a busca do G4 volte a tomar forma, Gallo pode promover até seis mudanças na equipe. Apenas uma será forçada, a entrada do lateral esquerdo Mateus Muller na vaga do suspenso Gastón. Mas não seria surpresa, por exemplo, se o meio de campo inteiro for modificado. Com os retornos de Maylson e Eurico após lesões, além da possibilidade de Hugo começar a partida como titular, o treinador poderia escalar um trio no meio. Ainda há a chance de Taiberson reaparecer, também de volta após período no departamento médico, e Yuri Mamute serem escalados no ataque.

FICHA DO JOGO

Náutico
Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Mateus Muller; Ygor (Eurico), Maylson e Renan Oliveira (Hugo); Taiberson (Rony), Bergson (Yuri Mamute) e Jefferson Nem. Técnico: Alexandre Gallo

CRB
Juliano; Marcos Martins, Boaventura, Jussani e Diego; Paulinho, Olívio, Gerson e Wellinton; Luidy e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.

Estádio: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata). Horário: 16h. Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: Rafael da Silva Alves e Lucio Beiesdorf Flor (RS).

divulgação

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar