Salário mínimo: governo prevê outro aumento no valor para 2022. Entenda mais

No dia 15/4, mediante o que foi apresentado pelo governo, em 2022 o salário mínimo deve chegar a R$ 1.147,00.

O cálculo desse valor teve como base a inflação de 4,3%, que foi medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Publicidade

Publicidade

Quer saber mais sobre? Reunimos os detalhes mais importantes a respeito desse assunto. Saiba mais a seguir.

DIEESE sobre o salário mínimo

Mulher segurando cédulas de reais

Segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), cerca de 50 milhões de brasileiros têm o salário mínimo como referência.

Dessa quantidade, 24 milhões de pessoas são beneficiárias do INSS — Instituto Nacional do Seguro Social.

Publicidade

Publicidade

É determinado pela Constituição que a correção do salário mínimo de ser realizada por meio da variação INPC do ano anterior.

No entanto, a faixa salarial de R$ 1.100,00, em 2021, não restituiu a inflação do ano de 2020.

Erro na correção

O governo promoveu a correção de 5,26%, sendo que a inflação medida no ano passado pelo INPC chegou 5,45%.

Vale destacar que, neste ano, o reajuste salarial deveria ter sido de R$ 1.101,95 para que não acontecesse perde de poder de compra.

Com isso, baseado nas projeções de inflação do ano de 2021, no decorrer deste ano, o salário mínimo do ano que vem tende a sofrer novas alterações.

Inflação em 2022 e a LDO

Este ano, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) que o governo enviou ao Congresso, tendo como base a estimativa do INPC, prevê que o salário mínimo será reajustado somente por meio da inflação em 2022.

Publicidade

Publicidade

Caso isso aconteça, não vai haver “ganho real”. Isso significa que quem recebe salário mínimo, permanecerá com o poder de compra inalterado. Tal formato foi adotado no ano passado e também neste ano.

Dessa forma, a proposta exposta pela ex-presidente Dilma Rousseff foi modificada pelo governo e teve aprovação do Congresso.

O PIB dos anos anteriores

A variação do Produto Interno Bruto (PIB), bem como a política de reajustes por meio da inflação foi vigorada nos anos de 2011 a 2019. Contudo, o reajuste salarial nem sempre ficou acima da inflação.

Como exemplo, há os anos de 2017 e 2018, períodos em que o reajuste foi necessário apenas porque o PIB dos anos de 2015 e 2016 sofreu diminuição.

Publicidade

Por conta disso, somente a inflação foi necessária para o aumento.

Publicidade

Impacto devido aumento do salário mínimo

O governo federal tende a ter mais gastos quando aprova maior reajuste quanto ao salário mínimo. Isso porque os beneficiários da previdência não podem receber menos do que o valor do mínimo.

De forma lógica, o aumento salarial ocorre da seguinte forma: cada vez que se aumenta R$ 1 do salário mínimo, gera uma despesa de cerca de R$ 355 milhões.

Assim sendo, em 2022, um reajuste de R$ 8,55 seria equivalente a R$ 3 bilhões nos cofres públicos.

Publicidade

Publicidade

Saiba mais o impacto do salário mínimo sobre os benefícios sociais em nosso post!

Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante de leitura e apaixonado por música.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário