Auxílio Emergencial: Caixa decide pela antecipação de pagamentos da segunda parcela!

Diante da pandemia do novo coronavírus, várias medidas foram adotadas de maneira a conseguir conter a proliferação do vírus, além das ações que foram desenvolvidas para que a interferência na economia seja menor do que o esperado.

Um desses processos foi o auxílio emergencial, que foi retomado no ano de 2021. Veja aqui mais sobre a antecipação do auxílio, como funciona, quem pode receber e saiba mais sobre o calendário de distribuição do mesmo.

Continue lendo e fique informado sobre o assunto.

Antecipação do pagamento do auxílio emergencial

Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal.
Aplicativo Auxílio Emergencial do Governo Federal.

A Caixa Econômica irá realizar a antecipação do pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial, especialmente para aqueles trabalhadores que estão fora do Bolsa Família, conforme comunicado que já foi divulgado nesta quinta-feira.

É importante destacar que para quem faz parte do Bolsa Família, o calendário não sofrerá com demais alterações, por isso, não é necessário ter mais preocupações sobre recebimento ou mudanças.

Os pagamentos têm início no dia 16 de maio para aqueles beneficiários que nasceram em janeiro, conforme previsto no calendário original, mas, será feita a antecipação para aqueles nascidos em outros meses.

Dessa maneira, os pagamentos dos quais vão continuar até o dia 16 de junho, serão finalizados no dia 30 de maio, que é quando os trabalhadores que nasceram em dezembro vão receber logo a segunda parcela.

Com esta mudança, a Caixa também fará a antecipação do calendário de liberação dos saques e das transferências correspondentes a segunda parcela do auxílio para os respectivos receptores, do qual, vai de 31 de maio até 17 de junho, sendo que anteriormente, essas liberações tinham previsão para acontecer entre os dias 8 de junho e 8 de julho, consecutivamente.

Veja as novas datas estabelecidas na tabela abaixo:

Calendário de crédito: para o público geral

  • Para os nascidos em janeiro: recebimento dia 16 de maio;
  • Para os nascidos em fevereiro: recebimento dia 18 de maio;
  • Para os nascidos em março: recebimento dia 19 de maio;
  • Para os nascidos em abril: recebimento dia 20 de maio;
  • Para os nascidos em maio: recebimento dia 21 de maio;
  • Para os nascidos em junho: recebimento dia 22 de maio;
  • Para os nascidos em julho: recebimento dia 23 de maio;
  • Para os nascidos em agosto: recebimento dia 25 de maio;
  • Para os nascidos em setembro: recebimento dia 26 de maio;
  • Para os nascidos em outubro: recebimento dia 27 de maio;
  • Para os nascidos em novembro: recebimento dia 28 de maio;
  • Para os nascidos em dezembro: recebimento dia 30 de maio.

Calendário de saques: para o público geral

  • Para os nascidos em janeiro: saques disponíveis no dia 31 de maio;
  • Para os nascidos em fevereiro: saques disponíveis no dia 01 de junho;
  • Para os nascidos em março: saques disponíveis no dia 02 de junho;
  • Para os nascidos em abril: saques disponíveis no dia 04 de junho;
  • Para os nascidos em maio: saques disponíveis no dia 08 de junho;
  • Para os nascidos em junho: saques disponíveis no dia 09 de junho;
  • Para os nascidos em julho: saques disponíveis no dia 10 de junho;
  • Para os nascidos em agosto: saques disponíveis no dia 11 de junho;
  • Para os nascidos em setembro: saques disponíveis no dia 14 de junho;
  • Para os nascidos em outubro: saques disponíveis no dia 15 de junho;
  • Para os nascidos em novembro: saques disponíveis no dia 16 de junho;
  • Para os nascidos em dezembro: saques disponíveis no dia 17 de junho.

Como será feito o pagamento do auxílio emergencial?

O pagamento do auxílio será feito para aqueles que estão inscritos no CadÚnico – Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal -, de acordo com as tabelas divulgadas acima.

O dinheiro é depositado nas contas de poupança digitais, sendo possível movimentá-lo diretamente pelo aplicativo da Caixa Tem. Portanto, se você já possui sua conta pelo app, será fácil de ter acesso ao mesmo, tudo com praticidade e agilidade.

Só é possível fazer o saque do mesmo entre duas até quatro semanas depois do depósito do dinheiro, além da possibilidade de transferir o mesmo para outras contas.

É importante que você fique atento no recebimento do seu auxílio emergencial, principalmente caso saiba qual é a data em que ele será depositado, visto que assim, pode sacar ou usá-lo para fins diferenciados.

Não perca esse direito cedido pelo governo, principalmente se você se enquadra dentro dos padrões pré-estabelecidos do mesmo.

Continue lendo nosso site para receber demais informações sobre o auxílio e demais direitos dos brasileiros.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário