Distrito Federal pagará R$ 600 de auxílio emergencial para quem trabalha com turismo e transporte

A partir de agora, haverá auxílio emergencial no DF para trabalhadores do turismo e transporte. O Governo do Estado do Distrito Federal realizará o pagamento de três parcelas de R$ 200 por mês, totalizando R$ 600.

O projeto foi sancionado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB). O chefe do Executivo afirma que o objetivo do auxílio emergencial no DF é minimizar os efeitos causados pela pandemia nos setores de transporte e turismo.

Publicidade

Publicidade

Quem receberá o auxílio emergencial no DF?

O Distrito Federal pagará o auxílio emergencial a proprietários de ônibus, micro-ônibus e demais veículos de transporte do turismo no estado. Mas para ser beneficiado, é necessário ter cadastro ativo no Permissionários e Concessionários da Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob).

Além deste requisito, o profissional deverá apresentar o registro ativo no Detran DF para comprovar que trabalha nos setores a serem beneficiados. Não será necessário realizar uma inscrição para ser beneficiado pelo projeto, basta apresentar os documentos citados.

O Governo do DF irá analisar a documentação apresentada pelos profissionais. Quem estiver dentro dos requisitos exigidos, será beneficiado com o auxílio emergencial.

Publicidade

Publicidade

auxílio emergencial no df

Reivindicações da categoria

As associações do setor de Turismo do Distrito Federal manifestaram pela falta de assistência do Governo Estadual durante a pandemia, em maio de 2020. Os trabalhadores realizaram uma carreata em direção à Esplanada dos Ministérios.

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), estima-se que o setor perdeu R$ 2,2 bilhões em todo o Brasil, somente na primeira quinzena de março do ano passado.

Em abril de 2021, Ibaneis Rocha sancionou o Projeto de Lei que autoriza o pagamento do auxílio emergencial no DF para taxistas e motoristas do transporte público escolar, mas vetou que motoristas de ônibus de turismo recebessem o benefício.

No entendo, o chefe do Executivo repensou a decisão e, ao aprovar o auxílio emergencial no DF para a categoria, resolveu incluir os profissionais que dirigem ônibus, micro-ônibus e outros veículos de transporte.

Auxílio emergencial para comprar gás de cozinha

O Governo do Distrito Federal também anunciou que também pretende criar um auxílio emergencial às famílias carentes para a compra de gás de cozinha durante a pandemia. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (24), durante uma reunião com a CNC.

Quem sugeriu a criação do benefício foi o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado distrital Rafael Prudente (MDB). O emedebista sugeriu que o valor do auxílio fosse de R$ 100.

Publicidade

Publicidade

Ainda não há definição sobre o projeto, que foi enviado hoje para análise do Governo do DF. O benefício deve ser pago às famílias em situação de vulnerabilidade social enquanto durar a pandemia de Covid-19.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS. Repórter, apresentadora, roteirista e redatora, com experiência em rádio, televisão e online.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário