Auxílio Emergencial 2021: Aparece benefício “em processamento” no app? Saiba o motivo

Conforme estava agendado desde março, os pagamentos das novas parcelas do auxílio emergencial começaram na última terça-feira, mas muitos beneficiários reclamam que estão com seus pedidos de renovação “em processamento” no aplicativo Caixa TEM.

Apesar de o aplicativo ser da Caixa Econômica Federal, o presidente do banco, Pedro Guimarães, afirmou que a instituição não tem culpa pelo erro. Segundo Guimarães, a Caixa depositou o valor do auxílio para todos os nomes enviados pela Dataprev, empresa responsável pela gestão de cadastros dos beneficiários.

Enquanto isso, o Ministério da Cidadania afirmou ao G1 que a mensagem “em processamento” significa que o cadastro para a nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial está passando por mais uma avaliação. De acordo com o ministério, a Dataprev faz essa nova análise com base em informações mais recentes disponíveis em bancos de dados do governo.

auxílio emergencial app

Sendo assim, trabalhadores que estão com o auxílio emergencial em processamento ainda podem receber o valor, caso o pedido seja aprovado. Os beneficiários receberão informações sobre o pagamento depois que a Dataprev processar os lotes remanescentes, refazer o procedimento com os valores retidos no primeiro lote e examinar o público do Bolsa Família, que começa a receber em 16 de abril.

O Ministério da Cidadania ainda declarou que os beneficiários que tiverem o pedido aprovado depois da data prevista para o pagamento da primeira parcela receberão o recurso após a conclusão do processo.

O calendário de pagamentos do auxílio segue conforme o mês de nascimento dos beneficiários. Segundo a Caixa, o grupo de pessoas nascidas em janeiro, que recebeu a primeira parcela nesta terça, inclui mais de 2,4 milhões de pessoas.

Apesar de explicar o significado da mensagem “em processamento” no Caixa TEM, o ministério não esclareceu o motivo do atraso de confirmação.

Veja tambémAuxílio emergencial 2021 – você tem direito, mas não consegue receber? Veja o que fazer!

Calendário de pagamento do auxílio emergencial por mês de nascimento

Assim como no ano passado, os pagamentos do auxílio emergencial acontecem conforme as datas de nascimento dos beneficiários. Além disso, a Caixa irá liberar primeiro a movimentação digital do recurso, enquanto os saques ficarão disponíveis apenas um mês depois.

calendário auxílio emergencial
Imagem: Economia/G1

Enquanto isso, os beneficiários do Bolsa Família terão um calendário diferente para recebimento do auxílio. Para os trabalhadores cadastrado no programa, as datas de pagamento serão as mesmas já estabelecidas para o benefício. Ou seja, o calendário irá seguir conforme o número do NIS, com pagamentos sempre nos últimos dez dias úteis do mês.

Nesta nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial, tanto o público quanto o valor do benefício diminuíram consideravelmente em relação a 2020. Isso porque o governo criou novos filtros para reduzir o público-alvo do benefício.

Uma das mudanças que mais chamam a atenção é a redução de beneficiários por família. No ano passado até duas pessoas de uma mesma casa podiam receber o benefício, mas dessa vez a regra permite apenas uma. É por causa desses novos filtros que muitos usuários estão com seu pedido de cadastro no auxílio emergencial em processamento.

Com as regras mais rígidas para dar direito ao benefício, mais de 22 milhões de brasileiros perderam o direito ao auxílio emergencial. Enquanto 68,2 milhões de pessoas receberam o benefício em 2020, a estimativa é que 45,6 milhões tenham acesso ao recurso nesse ano.

Além disso, o valor também está bem abaixo do praticado no ano passado. Mães solteiras, por exemplo, que chegaram a receber R$ 1.200 de ajuda mensal, dessa vez terão direito a quatro parcelas R$ 365 para sustentar a casa.

Veja também: Auxílio Emergencial de R$ 250 só cobre meia cesta básica em várias capitais

Primeiro dia de pagamentos teve filas

Apesar de o saque do auxílio emergencial ficar disponível apenas a partir de maio, unidades da Caixa Econômica Federal de diferentes estados tiveram filas no primeiro dia de pagamentos do benefício. Conforme indica o calendário de depósitos do auxílio, para as pessoas nascidas em janeiro o saque será liberado apenas no dia 04/05.

Mesmo assim, agências da Caixa em Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais Ceará e Bahia amanheceram com fila. Na Região Metropolitana de Recife, por exemplo, pessoas já aguardavam do lado de fora de agências desde 6 horas da manhã.

Além de beneficiários que acreditavam que já poderiam receber a primeira parcela do benefício, também havia pessoas em busca de atendimento por dúvidas quanto ao aplicativo Caixa TEM.

Por conta dos riscos de disseminação do novo coronavírus, aglomerações não são recomendadas. Além disso, cabe destacar que não adianta comparecer a uma agência para tentar sacar o benefício antes da hora, pois os pagamentos seguem conforme o calendário.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter, repórter do Jornal O Repórter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário