Inscrição para auxílio emergencial em Ribeirão Preto reabre segunda-feira, 19 de julho

Cédulas do real e uma moeda de um real
Ribeirão Preto reabre inscrições para auxílio emergencial municipal (imagem: reprodução/site Cidade On)

Nesta segunda-feira (19), as inscrições para o auxílio emergencial municipal foram reabertas para os cidadãos que residem a cidade de Ribeirão Preto (SP).

Com esse auxílio — Programa Acolhe Ribeirão —, que compreende três parcelas de R$ 200, o Poder Executivo espera atender mais de 2 mil famílias.

Publicidade

Publicidade

Saiba mais a seguir sobre como vai funcionar o Programa Acolhe Cidadão.

O que é o Programa Acolhe Ribeirão?

Cédulas do real e uma moeda de um real
Ribeirão Preto reabre inscrições para auxílio emergencial municipal (imagem: reprodução/site Cidade On)

Trata-se de um benefício originado pela Prefeitura de Ribeirão Preto, que tem a finalidade de amparar financeiramente as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social devido à pandemia de covid-19.

Cadastro no auxílio emergencial municipal

As pessoas interessadas em participar da segunda etapa do Programa Acolhe Ribeirão precisam estar cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) até março deste ano ou inseridas no Cadastro Municipal da Secretaria de Assistência Social até 30 de junho deste ano de 2021.

Publicidade

Publicidade

Os cidadãos que tiveram a solicitação do recurso negado na primeira etapa têm direito a solicitar o benefício mais uma vez.

Que tem direito a receber o auxílio emergencial em Ribeirão Preto

O Acolhe Ribeirão é destinado às famílias que residem em Ribeirão Preto, que estão em situação de vulnerabilidade social e sem seguro-desemprego.

Além disso, para se contemplado com o auxílio emergencial municipal, o grupo familiar deve se enquadrar nos seguintes critérios:

  • Estar inserido no CadÚnico até março de 2021, apresentando renda familiar por pessoa igual ou inferior a R$ 477,00;
  • Promover inserção no Cadastro Emergencial Municipal da Secretaria de Assistência Social até, no máximo, o dia 30 de junho deste ano.

Além atenderem a esses requisitos, as famílias serão selecionadas de acordo com os seguintes requisitos:

  • Quantidade de membros — crianças, idosos e Pessoas com Deficiência (PcD) têm prioridade;
  • Grupo familiar constituído somente pelo pai ou mãe que possua filhos com até 18 anos incompletos;
  • Idoso acima de 60 anos de idade mas que more sozinho;
  • PcD solo, ausente de renda ou que seja contemplada com o Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Morador solo ou casal que não possui renda e desempregado.

Todos os membros da família terão direito ao benefício?

Não, somente um membro do grupo familiar poderá receber o auxílio emergencial municipal, contato que ele tenha maioridade – há exceção às famílias chefiadas por mães solo.

Forma de pagamento do benefício

O auxílio emergencial municipal será pago por meio do app Caixa Tem. Caso o beneficiário não tenha acesso ao aplicativo, ele pode se dirigir a uma lotérica ou quaisquer agências bancárias da Caixa.

O que fazer se o benefício for negado?

Publicidade

Publicidade

No site em que fez a solicitação, o cidadão consegue acessar o formulário que permite que seja realizado o recurso.

Assim que esse documento for preenchido é necessário enviar para que ele seja analisado. Após a análise, o solicitante vai ser informado via e-mail cadastrado ou ligação telefônica a respeito do requerimento.

Calendário de pagamento do Programa Acolhe Ribeirão

Desde 6 de julho deste ano, cerca de 11.219 famílias começaram a ser contempladas com a primeira parcela do auxílio emergencial municipal por meio do aplicativo Caixa Tem.

Entretanto, as pessoas que não podem acessar esse app, conseguem sacar o valor nas lotéricas ou em agências bancárias da Caixa Econômica Federal.

Publicidade

Esta semana, a primeira parcela do auxílio emergencial beneficiará aqueles que nasceram nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro. Confira:

Publicidade

  • Setembro – 19/07
  • Outubro – 20/07
  • Novembro – 21/07
  • Dezembro – 22/07

Paulo Victor SilvaEstudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante de leitura e apaixonado por música.
Veja mais ›
Fechar