Barragem que atende Jataúba entra em colapso e Compesa suspende abastecimento

Devido às fortes estiagens e as altas temperaturas registradas no Estado, a Compesa informa que a barragem Poço Fundo está em colapso e não tem mais como captar água para o abastecimento público do distrito de mesmo nome e do município de Jataúba. A barragem tem capacidade de armazenar 27 milhões de metros cúbicos de água e está em situação crítica de volume de acumulação, com apenas 2% de sua capacidade.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Diante desta realidade, a Compesa viabilizará apenas o abastecimento dos prédios públicos por meio de caminhões pipa. O gerente Regional da Compesa, Bruno Adelino, esclarece que a situação de escassez hídrica infelizmente impede o abastecimento das localidades, mas ressalta que a situação será revertida a partir da entrega da obra da Adutora do Alto Capibaribe, prevista para 2020.

Com um investimento de R$ 82 milhões, essa adutora vai acelerar a chegada da água da Transposição do Rio São Francisco para 230 mil pessoas em nove cidades do Agreste Setentrional pernambucano e também em um município da Paraíba, Barra de São Miguel. A adutora terá 70 quilômetros de extensão e vai captar água da Transposição no Rio Paraíba, perto do Açude Boqueirão, no município de Barra de São Miguel, na Paraíba. A nova adutora vai abastecer as cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Vertentes, Vertente do Lério, Santa Maria do Cambucá, Taquaritinga do Norte, Frei Miguelinho e Brejo da Madre de Deus – os distritos de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, e São Domingos, em Brejo da Madre de Deus.

divulgação

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar