Bolsa Família de R$ 300 é confirmado pelo governo – Saiba quando começarão a pagar

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na última terça-feira (15), em entrevista a Sic TV, afiliada da TV Record, em Rondônia, que o valor do benefício Bolsa Família será reajustado e pagará R$ 300,00 em média, por mês.

Atualmente, a média é de R$ 190,00 mensais, por família brasileira.

Publicidade

Publicidade

Bolsa Família terá valor maior do que esperado R$ 300,00. Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado
Bolsa Família terá valor maior do que esperado R$ 300,00. Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado

Bolsa Família será reajustado

A justificativa do presidente, em relação ao reajuste, é que a inflação de produtos que compõem a cesta teve um aumento de 14% e alguns itens chegaram, a subir 50%.

O Bolsa Família, a ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro, para sair de média de R$ 190, um pouco mais de 50% seria (o aumento), para R$ 300. É isso que está praticamente acertado aqui”, disse o presidente.

Vale saber que o valor é maior, contudo, do que está sendo gestado dentro do próprio governo. Nesta segunda-feira, o Estadão apurou que o valor médio do benefício deve ser em torno de R$ 250,00.

Ainda na entrevista, o presidente afirmou, segundo a CNN que:

Publicidade

Publicidade

Hoje está na casa dos 18 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família” (na verdade, são 14,7 milhões, segundo dados de maio do Ministério da Cidadania) e ponderou que se trata de um número “bastante grande”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda afirmou que esse valor pesa para a união e que a população passa por dificuldades. Por isso, a equipe econômica já praticamente bateu o martelo para o novo valor do Bolsa Família, que em dezembro deve pagar, em média, R$ 300,00.

De acordo com as informações do site da Caixa, o valor de cada benefício do Bolsa Família é de R$ 41,00. Cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00.

Auxílio Emergencial deve ser prorrogado

Também durante entrevista para a filial da TV Record, Bolsonaro afirmou que o auxílio emergencial deverá ser estendido em mais duas ou três parcelas, além das quatro que estão sendo pagas na rodada mais recente da ajuda concedida a população mais vulnerável na pandemia. Essa medida foi anunciada para aumentar sua popularidade, que está em queda.

Estamos na parcela dois de quatro da prorrogação do auxílio emergencial. E já está definido [que haverá] mais duas ou três parcelas. Está faltando só esse finalmente aí, de auxílio emergencial de média de R$ 250″, disse o presidente.

Na última segunda-feira (14), o Ministro da Economia, Paulo Guedes, informou ao jornal Folha de S. Paulo a prorrogação por três meses.

Guedes destacou que o presidente brasileiro baterá o martelo sobre a medida após se informar com o Ministério da Saúde e receber a decisão do Ministério da Cidadania, responsável pela gestão do programa.

Na última semana, a equipe econômica fechou uma proposta para prorrogar o auxílio aos trabalhadores informais por dois meses. A estimativa do custo era de R$ 18 bilhões.

Publicidade

Publicidade

Em videoconferência realizada na terça (08), Guedes afirmou que a assistência poderia ser renovada por mais dois ou três meses. No entanto, agora o ministro disse que ficou decidido que o prazo será de três meses.

Atualmente, a rodada do auxílio tem quatro parcelas, que começa a ser paga em abril e serão encerradas em julho. O valor de cada parcela varia entre R$ 150,00 e R$ 375,00 por mês.

A prorrogação do auxílio também é uma proposta para alavancar a popularidade do presidente, que está em queda.

Além disso, durante entrevista, Bolsonaro afirmou que sua intenção é de turbinar o Bolsa Família, programa criado na gestão do PT.

Publicidade

Ele também comentou da intenção de, na proposta de reforma tributária, acabar com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), mas com a criação de uma compensação.

Publicidade

O Paulo Guedes tem estudado uma maneira de acabarmos com o IPI. O imposto sobre produtos industrializados é muito alto no Brasil. É geladeira, fogão, bicicleta… Obviamente, com uma compensação do outro lado”, afirmou Bolsonaro.

Ele finalizou dizendo que a equipe tem buscado medidas melhores e que pretendem apresentar a proposta para a população para ver a reação.

Jornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário