Cartão de Crédito para MEI: Cartão com parcelamento em até 48 vezes!

Se você quer montar uma micro ou pequena empresa, ou até mesmo expandir seu negócio, mas não tem capital suficiente, vale considerar o cartão de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para Microempreendedor Individual (MEI).

A vantagem deste cartão é que as taxas de juros são as mais baixas: chegam a 1,05% ao mês com opção de parcelamento em até 48 vezes.





Com este cartão de crédito, o MEI consegue adquirir recursos para a compra de novos equipamentos, investir em infraestrutura, despesas, negociações com fornecedores e outras necessidades que seu negócio possa ter.

mulheres em negociação

Como pedir o cartão de crédito do BNDES?

Para solicitar o cartão, o microempreendedor deve ter conta-corrente em um dos seguintes bancos:

  • Caixa Econômica Federal
  • Banco do Brasil
  • Banco do Nordeste
  • Banrisul
  • Bradesco
  • Itaú
  • Banestes
  • BRDE
  • Sicoob
  • Sicredi

Depois que o MEI abrir conta em uma dessas instituições financeiras, caso não tenha, é preciso acessar ao site do BNDES e selecionar a opção “Solicite seu Cartão”.





Em seguida, ele terá que preencher um formulário com informações como CNPJ e Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE).

Vale lembrar que durante o preenchimento das informações, o MEI terá que escolher o banco que será vinculado o cartão antes do envio da proposta.

Quais documentos são necessários para a solicitação do cartão?

Após o processo de solicitação digital ser concluído, o MEI terá de comparecer à agência do banco que escolheu e apresentar os seguintes documentos:

  • Comprovação de Regularidade quanto a entrega da Rais;
  • Certidão Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CND) ou Certidão Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CPEN), expedida conjuntamente pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN);
  • Declaração que comprove estar com a sua situação regularizada perante os órgãos públicos e a legislação pertinentes, conforme modelo disponível no menu ‘Regra’” do site do Cartão BNDES;
  • Certificado de Regularidade do FGTS.

É importante saber que, caso a solicitação não seja aprovada, o MEI poderá abrir um novo pedido escolhendo outra instituição bancária, já que as políticas de concessão de crédito podem variar de banco para banco.

Posso escolher data de vencimento do cartão?

Não! O vencimento da fatura será todo dia 15 e o pagamento dela é realizado via débito automático na conta-corrente do microempreendedor. A conta deverá ser informada no processo de solicitação do cartão de crédito BNDES.

Os MEIs que se interessarem em fazer o cartão, devem estar com toda a documentação em dia no momento da solicitação e ter residência fixa no Brasil.

Como regularizar o meu negócio para ter acesso ao cartão?





Primeiro, é preciso saber que o MEI é uma pessoa que trabalha de maneira autônoma e que tem no máximo um faturamento de R$ 60 mil a cada ano.

Além disso, ele não pode participar de outra empresa como sócio ou titular.

O sistema do MEI serve para tirar a burocracia do sistema para abrir uma empresa e ainda formalizar os trabalhadores que atuam de maneira informal.

Para formalizar o negócio, acesse o Portal do Empreendedor e realize um cadastro informando seus dados pessoais, como CPF, endereço e telefone, e indique a atividade principal que irá desempenhar como MEI.

Como o cartão de crédito para MEI funciona?



O cartão de crédito funciona como um empréstimo para o empreendedor comprar uma qualidade limitada de bens para começar ou expandir seu negócio.



A lista completa dos bens pode ser encontrada na página do banco em que o MEI tem conta-corrente.

Já em relação ao limite do cartão, vale saber que ele varia de acordo com a análise de crédito que o banco emissor faz da situação financeira do MEI e da empresa.

A vantagem deste tipo de crédito é que para o MEI, os juros são muito baixos, 1,05% ao mês. Ele é isento de IOF e o empréstimo pode ser parcelado em até 48 vezes com parcelas fixas.





É sempre bom lembrar que um bom planejamento, uso consciente do cartão de crédito BNDES nos produtos certos, seu negócio pode crescer!

Bruna Santos
Jornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário