Cashback do Whatsapp será menor do que R$1 por pagamento

O WhatsApp está testando uma nova função para permitir que os usuários realizem compras através do aplicativo e possam receber uma parte do dinheiro de volta.

De acordo com as informações do portal especializado WABetaInfo, e divulgado pelo site Diário do Nordeste, o cashback poderá ser depositado em até 48 horas após o pagamento da compra.

Publicidade

Publicidade

WhatsApp deve liberar cashback para usuários. Foto: Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog / Tecnoblog
WhatsApp deve liberar cashback para usuários. Foto: Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog / Tecnoblog

WhatsApp pode ter cashback

No início da tela é possível conferir a mensagem de alerta para a novidade. O informativo do mensageiro esclarece “Ganhe cashback no seu próximo pagamento”.

Por enquanto, a especulação é que o serviço de cashback seja uma forma de captar mais clientes, já que ele é um atrativo para que a pessoa comece a usar o WhatsApp.

Até o momento, o Facebook não esclareceu nenhum ponto desse novo mecanismo. Por este motivo, ainda não é possível saber se o cashback será disponibilizado para todos os clientes.

Publicidade

Publicidade

Cashback na Índia

É importante saber que o recurso ainda está em desenvolvimento e os testes se limitam a pagamentos realizados na Índia.

Lá, o cidadão recebe um reembolso de até 10 rúpias, equivalente a menos de R$ 1, na conversão de sexta-feira (24). Ainda não há informações se o valor será mantido.

Conforme as informações da WeBetaInfo, a ferramenta ainda está nas fases iniciais e pode nem ser lançada oficialmente.

No entanto, caso seja integrado ao aplicativo seria um atrativo para os usuários realizarem pagamentos pela plataforma.

Vale saber que o WhatsApp oferece recurso de pagamento através do aplicativo, aqui no Brasil, desde maio. entretanto, pouco tempo após o lançamento, apenas 7% dos usuários usavam o recurso.

Além disso, é importante saber que o WhatsApp está testando mudar a localização do botão para efetuar as transferências. O objetivo é deixar o aplicativo mais rápido e intuitivo para o usuário.

Publicidade

Publicidade

Por este motivo, a empresa deve colocar o ícone da opção de pagamento ao lado do botão de enviar a mensagem. Isso deve facilitar para que novas pessoas descubram e usem o recurso.

Entretanto, diferente do teste de cashback nos pagamentos, o novo botão começou a ser testado tanto na Índia como no Brasil. Isso significa que ele está mais próximo de ser lançado para os usuários finais.

WhatsApp Pay

É importante frisar que o WhatsApp ainda não encontrou um bom público no Brasil. Como anunciado acima, apenas 7% dos usuários do aplicativo utilizam a plataforma como pagamento de contas ou transferências.

Publicidade

Vale lembrar que no Brasil, um dos concorrentes diretos do WhatsApp é o próprio PIX. Depois da implementação do recurso do Banco Central, a disputa pelo método de pagamento ficou maior.

Publicidade

A oferta de um cashback vantajoso pode ser uma boa estratégia de atração, pois muitos consumidores utilizariam a plataforma como uma forma de obter a promoção

Em vigor

Ainda não existe data ou previsão para que o recurso chegue ao mercado. Os testes ainda não apresentaram nenhuma falha no aplicativo, porém, a fase beta continua e o recurso pode ser liberado mais cedo que estamos pensando.

Enquanto isso, vale conferir o funcionamento do WhatsApp Pay e explorar suas funções. Afinal, a facilidade é oferecida pelas tecnologias mais atuais.

WhatsApp Beta para iOS ganha botão para silenciar vídeos

Publicidade

Publicidade

Depois do Android, os usuários do mensageiro para iPhone (iOS), começaram a receber um botão para silenciar os vídeos no envio.

Saiba que o recurso apareceu na versão experimental do aplicativo para celulares da Apple na semana passada.

A expectativa é que a novidade apareça nos canais do aplicativo nas próximas semanas.

Além disso, outra novidade apontada é sobre o editor de ícones para grupos. A equipe do WhatsApp disponibilizou a função na versão do app do beta para iPhone (iOS).

Vale saber que a ferramenta apareceu na compilação experimental 2.21.20.2 para Android, liberada nesta terça-feira (21).

Fonte: Diário do Nordeste

Bruna Santos
Jornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário