Como investir na aposentadoria? Melhores investimentos para fazer em 2021

A aposentadoria privada é uma forma de se aposentar que usa investimentos financeiros a longo prazo para a garantia de rendimentos no futuro. Inclusive, fazer aplicações financeiras é a forma preferida (42%) dos brasileiros de garantir a aposentadoria, apesar de 59% não planejar qualquer rendimento para o futuro.

Os dados do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) também revelam que os tipos de aposentadoria do INSS (Instituto Nacional de Segurança Social) são considerados uma alternativa emergencial para quem planeja a aposentadoria.

Publicidade

Publicidade

Se você está planejando a sua aposentadoria confira este conteúdo até o final para conhecer as melhores opções de investimentos para garantia de rendimentos mensais para o dia que quiser parar de trabalhar.

Como investir na aposentadoria
Como investir na aposentadoria | Imagem: Canva

1. Tesouro Direto (IPCA)

O Tesouro Direto é um tipo de aplicação onde o investidor “empresta” dinheiro para o governo. Em troca, ele recebe uma rentabilidade que é composta por soma da taxa de juros pré-fixada e a variação da inflação referente ao período que deixar o dinheiro rendendo.

A vantagem deste tipo de investimento conservador é que tem rendimentos garantidos por um longo prazo e não tem nenhum risco de prejuízo financeiro ao investidor.

Publicidade

Publicidade

Este tipo de investimento é tributado pelo Imposto de Renda progressivamente. Ou seja, quanto mais dinheiro deixar rendendo, menor será o imposto.

Nos aplicativos de investimento o Tesouro Direto aparece como a sigla IPCA, que quer dizer  Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Em 2021, a aplicação com maior prazo encontrada é IPCA+2045.

Entretanto, não tem nenhum problema para o investidor fazer o resgate do saldo total quando chegar o prazo de vencimento do investimento. É claro, desde que ele seja imediatamente aplicado em novo fundo.

Confira a seguir uma simulação do Tesouro Direto:

Como investir na aposentadoria
Como investir na aposentadoria | Imagem: G1

2. LCI e LCA

O LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras do Crédito para Agronegócio) são títulos com variedade de investimentos.

A vantagem destes fundos é que eles são rentabilizados com base no CDI ( Certificado de Depósito Interbancário), um índice de referência para rendimentos de renda fixa.

Publicidade

Publicidade

Nos aplicativos de investimento estas opções aparecerão na categoria de renda fixa e podem ter rendimentos diferenciados de acordo com o tamanho do investimento e o tempo que deseja mantê-lo. Alguns podem chegar até a 100% do CDI ou mais.

A principal vantagem deste tipo de investimento para aposentadoria é de baixo risco – isto é, têm ganhos seguros, sem possibilidades de perdas. Além disso, são isentos do Imposto de Renda.

Na hora de investir atente-se a liquidez do investimento. Alguns possuem liquidez diária. Ou seja, você poderá retirar dinheiro do fundo no momento que quiser. Outros, reservam o dinheiro por mais tempo, podendo ser retirados no prazo de vencimento, por exemplo.

Como qualquer investimento, quanto mais tempo deixar rendendo, maior será o montante arrecadado.

Simulação LCI e LCA
Simulação LCI e LCA | Fonte: Ricco

3. Previdência Privada

Publicidade

Planos de previdência privada são serviços oferecidos por instituições financeiras e empresas com grande número de funcionários.

Publicidade

Se a empresa onde você trabalha não tem um plano de previdência privada para os colaboradores, cabe a você conferir quais as melhores opções.

Nesta modalidade de investimento o investidor faz uma contribuição mensal num fundo de investimento. Entretanto, diferentemente do INSS quanto maior for o tempo de contribuição e o aporte, maior será seu salário de aposentado.

De modo geral, as taxas de rendimento para previdência privada ficam próximas de 1%.

Publicidade

Publicidade

Os planos mais comuns são:

PGBL

Indicado para quem faz declaração de imposto de renda no modelo completo. Nesta modalidade é possível investir até 12% da renda bruta ao ano;

VGBL

Indicado para quem faz declaração do imposto de renda no modelo completo e permite aplicar mais do que 12% da renda em previdência privada;

No momento de contratação do plano usuário pode optar por fazer contribuições mensais fixas ou variáveis. Em todas é possível realizar aportes.

Atente-se também para os períodos de resgates que podem ser a cada 10, 20 ou 30 anos.

Confira também:

4. Investir em fundos de investimento

Quem quiser garantir rendimentos ainda maiores na velhice pode recorrer a outros fundos de investimentos.

Para começar a investir é importante conhecer o perfil de investidor, pois será estas características que te ajudarão a definir a forma com que deseja investir.

Os fundos de investimentos mais recomendados para cada tipo de perfil são:

  • 🟢Conservadores: ativos de renda fixa pós-fixada ou fundos de crédito privados
  • 🟡Moderados: fundos de multimercado, fundos de ações e fundos imobiliários;
  • 🔴Arrojado: fundos de ações, multimercados e ações com alto risco, mas com maiores porcentagens de rendimentos.

Dicas para começar a investir

  • Não aposte em um único setor: como nunca se sabe o que pode acontecer no futuro, variar os investimentos é uma forma de garantia caso aconteça algum imprevisto ou o mercado corra para uma direção inesperada;
  • Invista numa corretora segura: opte por aplicativos, sites e ferramentas confiáveis. Melhor ainda se tiver um atendimento que te oriente acerca de seus investimentos;
  • Faça aportes: quando sobrar dinheiro no final do mês, receber um dinheiro a mais de comissão ou qualquer ocasião em que haja ganhos financeiros podem ser oportunidades para inflar os seus ganhos no futuro.

Como ter uma aposentadoria de R$ 8 mil com investimentos?

Já pensou se aposentar com um salário de R$ 8 mil? O portal Infomoney fez uma simulação que demonstra quanto seria necessário investir mensalmente para garantir esse benefício:

Como se aposentar com um salário de R$ 8mil
Como se aposentar com um salário de R$ 8mil | Fonte: Infomoney

E que tal se aposentar milionário? Segundo a seguradora ParMais, para isso ser uma realidade seria necessária uma contribuição mensal a partir de R$ 515,00 para quem começar aos 40 anos.

Como se aposentar com R$ 1 milhão
Como se aposentar com R$ 1 milhão | Fonte: Parmais

Com que idade devo começar a investir na minha aposentadoria?

Os especialistas são unânimes em dizer que quanto antes começar a pensar na aposentadoria, melhor.

Contudo, ao longo da vida o seu perfil de investidor pode mudar. Um estudante de 20 anos, por exemplo, pode não ter renda o suficiente para investir mensalmente. Mas aos 40 anos com um salário fixo e maior estabilidade outras opções de investimentos regulares podem ser cogitados.

O ideal é que o investimento e planejamento da aposentadoria faça parte da contabilidade mensal. Assim, poderá ter um acompanhamento que priorize os ganhos para o futuro.

Fonte: Estadão, Infomoney, Appinveste

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário