Dicas para vender mais no Dia dos Pais de 2021: saiba no que investir

Lojista deve apostar em variedade para vender mais no Dia dos pais
Lojista deve apostar em variedade para vender mais no Dia dos pais

Muitos empreendedores já estão se perguntando como vender mais no Dia dos Pais, já que está data certamente irá movimentar os comércios do Brasil.

Por isso, é muito importante que os varejistas se preparem para a demanda com presentes que agradem todos os gostos e bolsos para vender mais no Dia dos Pais.

Publicidade

Publicidade

Nesta matéria, separamos algumas dicas para que o empreendedor consiga faturar muito mais no Dia dos Pais. Continue lendo para saber mais!

Lojista deve apostar em variedade para vender mais no Dia dos pais
Lojista deve apostar em variedade para vender mais no Dia dos pais

Como vender mais no Dia dos Pais?

Uma dica para os comércios é apostar na versatilidade de opções que vão desde lembrancinhas até produtos que são mais robustos, como os eletrônicos.

Para os itens de maior valor, é importante que o lojista ofereça condições para facilitar o pagamento, seja um desconto à vista ou um parcelamento vantajoso.

Publicidade

Publicidade

Veja essas dicas para vender mais no Dia dos Pais

  • Escolha produtos com alto potencial de vendas

Em muitos casos, oferecer lembrancinhas já não é o melhor modo de agradar os pais.

De acordo com a Ebit| Nielsen, o gasto médio dos produtos vendidos pelo e-commerce no Dia dos Pais foi de R$ 434,00. Por isso, vale reforçar o catálogo com produtos estratégicos para vender mais no Dia dos Pais.

Como na maioria das compras, os consumidores iniciam a jornada procurando informações e comparando preços.

Uma pesquisa do Mercado Livre revela que 60% dos clientes pesquisam presentes com antecedência, 20% buscam opções duas semanas antes da data e que outros 20% tomam a decisão no mesmo dia em que começam a pesquisar.

Por isso, para vender mais no Dia dos Pais aposte em ofertas de categorias como:

  • Bebidas;
  • Beleza e Saúde;
  • Casa, Construção e Ferramentas;
  • Eletrodomésticos;
  • Eletrônicos;
  • Esporte e Lazer;
  • Games;
  • Móveis e Decoração;
  • Relógios;
  • Suplementos;
  • Prepare a loja para o aumento da demanda.

Não é possível prever a demanda, mas um bom planejamento pode fazer toda a diferença. Uma dica para as lojas que existem mais de um ano é verificar o histórico de pedidos dos anos anteriores para usar como referência.

Publicidade

Publicidade

Baseado nessas informações, o empreendedor consegue reforçar o estoque, comprando um volume maior de produtos.

Vale saber que esse ato também ajuda na negociação antecipada com fornecedores, aumentando as chances de êxito.

Também é possível preparar e até ampliar a equipe de apoio para dar conta do aumento no número de pedidos, agilizando o preparo e envio das encomendas.

Selecione criteriosamente os fornecedores

As compras realizadas no Dia dos Pais têm uma carga emocional muito forte, pois são itens que serão dados como presente.

Publicidade

Saiba que se o consumidor enfrentar algum tipo de problema, toda a frustração será projetada sobre a loja, o que prejudicará sua reputação.

Publicidade

Por isso, invista em produtos com alta qualidade, assim é possível evitar problemas como quebras ou avarias e até mesmo a devolução do produto.

Para deixar o consumidor mais confiante para finalizar a compra, vale apostar em um período de garantia.

Escolha os melhores canais de vendas

A maior parte dos consumidores procura produtos nos sites das grandes redes varejista e o Dia dos Pais pode ser uma oportunidade para os lojistas aproveitarem o potencial dos marketplaces.

Publicidade

Publicidade

Este canal oferece a oportunidade de ampliar a abrangência geográfica do negócio, já que os produtos ficaram expostos para um número maior de clientes, o que poderá aumentar o faturamento nas vendas on-line.

Envie produtos dentro do prazo

As compras de Dia de Pais têm data de entrega, por isso, os atrasos são intoleráveis. O lojista precisa monitorar os pedidos, fazer o embalo e o despacho rapidamente, para não frustrar o cliente.

Também vale apostar no overdelivering, oferecendo algum brinde ou vantagem, como uma mensagem personalizada ou cupom de desconto.

Bruna SantosJornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
Veja mais ›
Fechar