Compesa e PM identificam furto de água em Caruaru

Materiais utilizados para desvio de água que abasteceria imóveis no Loteamento Serranópolis foram apreendidos e uma pessoa foi conduzida à delegacia de polícia, para prestar esclarecimento

Policiais do 4º BPM deram apoio a uma ação da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), na manhã desta quinta-feira (07), na estrada que dá acesso ao distrito de Gonçalves Ferreira, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Na ocasião, foram apreendidos materiais utilizados para desvio de água que serviria para abastecer irregularmente imóveis localizados no Loteamento Serranópolis, afetando também o fornecimento de água do bairro São José. Uma pessoa foi conduzida à delegacia de polícia, para prestar esclarecimento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“A Compesa vinha recebendo denúncias sobre o furto de água, em duas redes de 300mm. Queixas sobre falta de água no Loteamento Serranópolis e no bairro São José também se tornaram recorrentes sem que qualquer problema técnico-operacional justificasse o desabastecimento. Então, acionamos a Polícia Militar”, explica o gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Mário Heitor. A ação prejudicava o abastecimento das duas localidades, mas ainda não é possível mensurar o volume de água desviado. O acusado deverá responder processo por furto qualificado.

A Compesa atua fortemente para combater desvios e ligações clandestinas, mas faz um alerta para a população que também deve ser vigilante neste tema, sempre denunciando caso verifique esse tipo de prática.

divulgação

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar