Comprar ou alugar imóvel? O que mais vale a pena em momento em que há juros baixos?

Taxas de juros podem determinar se é melhor comprar ou alugar um imóvel. No entanto, a diferença de preço pode não ser tão significativa se os tributos forem baixos.

Sendo assim, é importante se atentar ao mercado imobiliário para escolher a melhor opção.

Publicidade

Publicidade

Setor imobiliário

Mesmo com a pandemia da Covid-19 o setor imobiliário não foi fortemente impactado ano passado, prova disso foi o crescimento de 57,5% de financiamentos em comparação com 2019 segundo os dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança.

Apesar de ter havido um leve aumento na taxa Selic, o crescimento dos financiamentos foi possível devido ao baixo valor da taxa básica de juros que se encontra em 2,75% ao ano em comparação com a série histórica.

No entanto, apesar de a compra de imóveis estar em alta por conta das taxas reduzidas, será que realmente vale a pena fazer esse investimento ou alugar uma residência?

Publicidade

Publicidade

De acordo com alguns especialistas em economia imobiliária a compra de um imóvel é mais atrativa, mas o aluguel é financeiramente mais vantajoso.

Planejamento financeiro

Mesmo que haja dúvidas entre comprar ou alugar um imóvel é fundamental ter planejamento financeiro na hora de escolher entre as duas opções.

Esse processo de organização de rendas e despesas contribui para o conhecimento da real situação econômica em curto, médio e longo prazo, além de não criar expectativas quanto a aquisição ou aluguel de uma propriedade que não cabe no seu bolso.

Casa alugada

No caso dos aluguéis de imóveis existem uma série de vantagens em comparação com a compra, entre elas está a possibilidade de mudança de endereço de acordo com os planos de vida e zero responsabilidades com a manutenção e reforma da propriedade a longo prazo.

Além disso, morar de aluguel não necessita de um investimento inicial de alto custo e nem o comprometimento da renda a longo prazo com parcelas que não cabem no bolso, especialmente quando o intuito é abastecer a poupança para outros projetos.

Casa própria

Em contrapartida ao aluguel, ter a casa própria também oferece algumas vantagens, como ter a segurança de uma moradia fixa e ter um patrimônio garantido para as futuras gerações da família.

Publicidade

Publicidade

Além disso, existe a possibilidade de construir e reformar a casa de acordo com a arquitetura e decoração de sua preferência de tempos em tempos.

Outro fator interessante na compra de um imóvel é a oportunidade de realizar o pagamento à vista e conseguir um desconto considerável para investir em outro projeto.

casal celebrando conquista da casa própria
Planejamento financeiro e projeto de vida são fatores decisivos para a compra ou aluguel de imóveis

No entanto, quem não possui o valor integral pode contar com algumas facilidades para a compra, como o financiamento imobiliário. Como vimos anteriormente, o momento ideal para contratar esse serviço é agora, pois as taxas estão reduzidas.

Nesse caso, é fundamental consultar as condições oferecidas pelas instituições financeiras a fim de encontrar a melhor opção no mercado de crédito. Também é importante ter uma quantia para dar de entrada no investimento, cerca de 30% do valor total do imóvel já é considerado um bom negócio, e um prazo definido para quitar a dívida.

Publicidade

Quem compra imóvel na planta também se depara com muitas vantagens, especialmente com a economia de custos, mas é importante se atentar para a credibilidade da construtora, ao prazo de entrega e a localização da casa antes de fechar negócio.

Publicidade

Como escolher

Apesar de a moradia por aluguel não necessitar de altos investimentos e maiores responsabilidades financeiras, a diferença de valores não é tão significativa quando os juros de financiamentos estão baixos.

Sendo assim, no momento atual, tanto o aluguel quanto a compra de um imóvel acabam tendo pouca diferença no montante final e, por isso, a decisão entre um serviço ou outro deve considerar os planos e orçamento pessoais de cada pessoa.

Julia é formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e, no momento, atua como redatora para o portal NoDetalhe. Ao longo da carreira, a jornalista tem se especializado em produção de conteúdo otimizado para motores de busca e conversão, além de gerenciamento de mídias sociais e marketing digital.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

1 comentário

  • É imprecionante como você coloca tantas situações e não arisca se quer um palpite do que seja melhor comprar ou alugar. Ou seja quem escreveu não tem opnião formada.
    Quem leu isto continua com as mesmas dúvidas porque quem escreveu o texto tambem as tem.
    Pois bem quem não tem o dinheiro para comprar tem que alugar. Quem tem o dinheiro deve comprar.
    Esta é a lógica. Cada um sabe de sí e a reportagem é embromação.

Deixe seu comentário