Concurso público para delegado no Rio de Janeiro tem inscrições abertas até 11 de outubro

O governo estadual do Rio de Janeiro divulgou a abertura das inscrições para o concurso de delegado de Polícia Civil.

Saiba quem pode participar do concurso de degelado para Polícia Civil no RJ

O anúncio foi publicado ontem, 13, no Diário Oficial, juntamente com todas as informações relativas ao processo seletivo.

Publicidade

Publicidade

Vagas

Cerca de 50 vagas foram disponibilizadas pelo estado do Rio para o cargo de delegado de Polícia Civil.

De acordo com o governador Cláudio Castro, “É com satisfação que podemos anunciar a abertura desse concurso. Já temos investido muito na Polícia Civil, proporcionando meios para que o trabalho de investigação seja aprimorado. Os bons resultados já estão aparecendo. Com o preenchimento dessas vagas, damos mais um passo nessa direção”.

Processo Seletivo

O processo seletivo para o concurso de delegado de Polícia Civil do RJ será realizado em duas fases. Veja!

Publicidade

Publicidade

Primeira fase

  • Prova objetiva (eliminatória e classificatória);
  • Prova discursiva (eliminatória e classificatória);
  • Prova oral (eliminatória e classificatória);
  • Exame psicotécnico (eliminatório);
  • Exame médico e prova de capacidade física (eliminatórios).

Segunda fase

  • Curso de formação profissional;
  • Prova de investigação social;
  • Concurso de títulos.

É importante ressaltar que as provas e outros exames serão realizados em períodos distintos.

Inscrição

Os interessados em realizar o concurso para delegado de Polícia Civil do Rio de Janeiro devem fazer a inscrição por aqui e efetuar o pagamento de uma taxa no valor de R$250.

O pagamento deve ser feito por boleto bancário em qualquer banco, casas lotéricas e Correios.

Vale lembrar que não serão aceitos depósitos bancários ou transferências

bancárias a favor do Cebraspe.

Isenção

Para participar do processo seletivo é necessário pagar a taxa de inscrição, mas algumas pessoas podem solicitar a isenção do pagamento.

Publicidade

Publicidade

O pedido de isenção deve feito durante o processo de inscrição pelos candidatos que:

  • Estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal
  • (CadÚnico);
  • São membro de família de baixa renda;
  • São doadores regulares de sangue.

Caso contrário o pagamento da inscrição para participação do concurso é obrigatório.

Requisitos

Além de ser necessário pagar a taxa para participar do concurso de delegado de Polícia Civil do Rio, os candidatos devem atender aos seguintes requisitos para serem empossados em caso de aprovação:

  • Ter sido aprovado, considerado apto e indicado, em todas as provas e exames do concurso, e estar classificado dentro do número de vagas ofertadas;
  • Possuir nacionalidade brasileira ou portuguesa;
  • Ter a idade mínima de 18 anos completos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais e em pleno gozo dos direitos civis e políticos;
  • Estar quite com as obrigações do serviço militar, para candidatos do sexo masculino;
  • Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade das esferas federal, estadual e municipal;
  • Não ter sido demitido de qualquer cargo ou emprego público, em decorrência de processo administrativo disciplinar ou por justa causa;
  • Não registrar antecedentes criminais incompatíveis com o exercício do cargo;
  • Não ter sofrido execução judicial, bem como não ter sido condenado em ações cíveis desabonadoras, observada a contumácia e as razões do inadimplemento da dívida;
  • Possuir, até a data da posse, diploma de graduação em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, ou certidão que comprove ter colado grau no referido curso e, nesse caso, acompanhado de documento comprobatório de estar sendo providenciado o registro do diploma, na forma da lei;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público;
  • Ser considerado apto em exame médico pré-admissional;
  • Na hipótese de o candidato ocupar vaga reservada para pessoa com deficiência, ter a referida condição comprovada mediante perícia médica.

Caso não seja atendido nenhum desses requisitos o candidato está sujeito a desclassificação.

Cronograma

Publicidade

A fim de orientar os candidatos em relação aos eventos do concurso, separamos as principais datas. Veja abaixo:

Publicidade

  • Período de solicitação de inscrição e de isenção de taxa de inscrição: 21/9 a 11/10/2021
  • Consulta à situação provisória da solicitação de isenção de taxa de inscrição: 19/10/2021
  • Consulta à situação final da solicitação de isenção de taxa de inscrição: 28/10/2021
  • Último dia para pagamento da taxa de inscrição: 29/10/2021
  • Relação provisória dos candidatos inscritos (ampla concorrência, candidatos que se declararam pessoa com deficiência e candidatos que se autodeclararam negros, índios ou com hipossuficiência econômica): 9/11/2021
  • Relação final dos candidatos inscritos (ampla concorrência, candidatos que se declararam pessoa com deficiência e candidatos que se autodeclararam negros, índios ou com hipossuficiência econômica): 24/11/2021
  • Divulgação da composição das Bancas Examinadoras das provas escritas e orais: 26/11/2021
  • Divulgação do edital que informará a disponibilização da consulta aos locais da prova objetiva preliminar: 29/11/2021
  • Disponibilização do comunicado oficial de convocação para a prova (COCP): 6/12/2021
  • Aplicação da prova objetiva preliminar: 12/12/2021
  • Publicação dos gabaritos preliminares da prova objetiva preliminar: 15/12/2021
  • Prazo para a interposição de recursos quanto aos gabaritos oficiais preliminares divulgados: 16 a 24/12/2021
  • Publicação dos gabaritos oficiais definitivos: 14/1/2022
  • Resultado final na prova objetiva preliminar e convocação para a avaliação biopsicossocial: 14/1/2022.

Essas e outras datas podem ser conferidas no Edital, bem como outras informações relativas ao processo seletivo.

Fonte: G1.

Felipe Calbo
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo atuante na chamada "massa de mídias", trazendo mais um braço da pluralidade de opinião em detrimento do mito da imparcialidade.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário