Conta de luz no Distrito Federal ficará mais cara em junho

Conta de luz fica mais cara no DF

Os moradores do Distrito Federal (DF) devem preparar o bolso para arcar com despesas ainda mais altas durante os próximos meses.

Acontece que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou uma mudança nas bandeiras que regulamentam o valor da energia elétrica. O resultado disso é uma conta de luz 5,6% mais cara. 

Publicidade

Publicidade

De acordo com informações da empresa, o reajuste se deve à utilização das usinas termelétricas, que foram acionadas pelo governo a fim de evitar apagões. Só que como elas funcionam à base de óleo diesel, carvão e gás, o preço do serviço fica lá em cima. 

As usinas termelétricas devem permanecer funcionando até que o nível de abastecimento nas hidrelétricas volte ao normal. Atualmente, o DF registra o menor volume de chuva em mais de 90 anos. Para entender melhor como tudo isso afetará seu orçamento, continue a leitura pelos próximos tópicos. 

Alterações nas bandeiras de cobrança 

A Aneel define o valor das contas de energia conforme uma tabela de bandeiras tarifárias. Nesse caso, cada bandeira tem uma cor que corresponde ao tipo de cobrança aplicada. Observe: 

Publicidade

Publicidade

  • Verde: condições de geração de energia estão favoráveis, sem necessidade de cobrar valores adicionais; 
  • Amarela: representa condições de geração de energia pouco favoráveis, com adição de R$ 1,34 a cada 100 KWh consumidos; 
  • Vermelha: significa que as termelétricas estão ligadas, o que resulta no acréscimo de R$ 4,16 ou R$ 6,24 nas contas de energia. 

Agora, a bandeira vigente no Distrito Federal passa a ser a vermelha. Como você pode ver, trata-se do cenário mais grave e com maiores custos para o consumidor. Vale lembrar, ainda, que a nova tarifa será implementada a partir desta terça-feira, dia 1º de junho. 

Dicas para economizar 

Tendo em vista a situação econômica crítica em que o país se encontra, qualquer aumento nas despesas acaba pesando no bolso. Por isso, é muito importante que você saiba que existem formas simples de reduzir o gasto com a energia elétrica em casa.  

Confira a seguir as cinco principais dicas para pagar menos na conta de luz do DF:  

1. Dê preferência a lâmpadas de LED 

Algumas pessoas têm resistência em comprar a lâmpada de LED porque o preço é um pouco mais elevado, se comparado ao custo do modelo de lâmpada tradicional. Mas atenção, é um investimento que a longo prazo vale a pena, já que o consumo de energia chega a ser 80% menor. 

2. Passe todas as roupas de uma vez só 

Você provavelmente já ouviu falar que o ferro de passar roupas puxa muita energia – e não deixa de ser verdade. No entanto, a forma como ele é utilizado influencia muito. Se realmente quiser pagar menos na conta, o ideal é passar todas as peças de uma vez só. 

3. Não deixe o carregador sempre conectado à tomada 

Com o uso frequente dos celulares, fica quase inevitável manter a carga da bateria por muitas horas. Na maioria dos casos os usuários têm a necessidade de recarregar várias vezes ao dia. O problema é quando esquece o cabo conectado na tomada. Afinal, mesmo que seu telefone não esteja ali, continua havendo consumo de eletricidade. 

4. Desligue o computador quando não estiver em uso 

Publicidade

Publicidade

Apesar da crença de que ligar e desligar o computador constantemente pode provocar aumento no consumo de energia, saiba que não há mal em desativar o aparelho quando necessário. Na verdade, a regra é: se você não vai precisar dele dentro de uma hora, desligue-o por completo. 

5. Aproveite a luz do sol ao máximo 

No DF, o sol nasce às 6h32 e se põe por volta das 17h40. São aproximadamente 11 horas de luz gratuita. Portanto, não se esqueça de abrir as cortinas durante este período. Além de proporcionar economia, ficar exposto ao sol traz benefícios à saúde. 

Você também pode se interessar:

Uma jornalista de 23 anos, nascida e criada no quadradinho. Encantada por literatura e todas as formas de comunicação. Antes de atuar como redatora, participei dos programas de estágio do Ministério da Justiça, da Defensoria Pública do Distrito Federal e da Câmara dos Deputados. Atualmente, ocupo o papel de estudante, mais uma vez, fazendo especialização em Comunicação Organizacional e Estratégias Digitais no Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB).
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário