Cursos de capacitação: Prefeitura de SP tem vagas abertas para empreendedores

A prefeitura de São Paulo abriu vagas para o cursos de capacitação para empreendedores. 

Em parceria com a Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, serão 344 vagas distribuídas em programas de apoio e aceleração aos empreendedores. 

Publicidade

Publicidade

São três modalidades: Fábrica de Negócios, Vai Tec e Green Sampa. 

ilustração de jovem estudando

Cursos de capacitação: Fábrica de Negócios

O curso de capacitação “Fábrica de Negócios” é realizado das 19h às 21h, e é composto por dois módulos on-line, ambos voltados para quem quer iniciar a vida no empreendedorismo. 

O objetivo é aprender a verificar se sua ideia tem a possibilidade de geração de renda e diferencial competitivo para que se transforme em um negócio.

Publicidade

Publicidade

Primeiro módulo

“Tenho uma ideia, e agora?” Esse é o nome do primeiro módulo. Ele tem o objetivo incentivar os participantes a trocarem informações sobre as percepções de seus negócios, também aprendem a reconhecer oportunidades com base em suas vivências e estudos compartilhados. 

Segundo módulo

 “Teste o seu negócio pondo a mão na massa” Esse é o nome do segundo módulo; O objetivo é que os participantes intensifiquem suas ideias de projeto, entendendo e adquirindo métodos essenciais para legitimar o empreendimento. 

Com isso, é possível criar o Mínimo Produto Viável (MPV) e realizar a primeira distribuição, de forma prática. 

Cursos de capacitação: Vai Tec

O Vai Tec visa auxiliar pelo menos 24 negócios de jovens das periferias da cidade que utilizem tecnologia como modelo de negócio. Além disso, os empreendimentos selecionados irão receber um valor de R$ 35.700,00 cada, como incentivo e forma de colocar as ideias em prática.

O projeto de aceleração é composto por: 

  • Mentorias em gestão, desde os aspectos técnicos até os jurídicos e mercadológicos;
  • Assessorias;
  • Oficinas;
  • Acesso a rede de contatos;
  • Aporte financeiro.

Como participar?

Por conta da pandemia do coronavírus, o processo será feito totalmente on-line.

Publicidade

Publicidade

Para participar os projetos precisam atender esses critérios: 

  • Relevância do problema para o território de origem;
  • Nível de conhecimento sobre o mercado consumidor (local e global);
  • Viabilidade técnica e econômica;
  • Comprovação de conhecimento e aplicabilidade no negócio;
  • Grau de inovação;
  • Equipe com capacidade de execução técnica e gerencial;
  • Complementaridade entre as expertises da equipe;
  • Diversidade entre proponentes de grupos minoritários.

Além disso, os criadores e seus projetos precisam ser:

  • Baixa renda;
  • Preferencialmente maior de 18 anos;
  • Utilização de tecnologia como parte relevante do modelo de negócio;
  • Apresentação de modelo de negócio inovador;
  • Replicável e escalável;
  • Potencial para se desenvolver na cidade de São Paulo;
  • Estar em fase de validação junto aos potenciais clientes e demonstrem potencial de viabilidade técnica e econômica;
  • Moradia em algumas das regiões que demonstram grande índice de precariedade social no critério Trabalho e Renda – descrito pelo Plano Diretor Estratégico de São Paulo. 

Curso de capacitação: Green Sampa

Por fim, o Green Sampa apoia projetos que promovam soluções com temáticas ambientais.

Ele selecionará 20 propostas de empreendedores que atuem na capital de São Paulo para receberem qualificação em formato de aceleração durante um ano no Hub Green Sampa – Centro de Inovação e Negócios Verdes. 

Publicidade

Para participar, os interessados devem apresentar projetos e soluções inovadoras sustentáveis focados nesses critérios:

Publicidade

  • Água e saneamento;
  • Ecoagricultura e segurança alimentar;
  • Eficiência e clean web;
  • Eficiência energética;
  • Energias limpas e armazenamento energético;
  • Indústria limpa e logística reversa;
  • Mobilidade urbana e transportes;
  • Parques e áreas verdes;
  • Qualidade do ar e resíduos sólidos.

Durante a aceleração, que durará 12 meses, os projetos participarão de:

  • Oficinas mensais de empreendedorismo para estruturação da modelagem de negócio;
  • Mentorias individuais e coletivas;
  • Acesso ao mercado através de rodadas de negócios nacionais e internacionais.

Para mais informações sobre todos os cursos citados acima, acesse o site da Prefeitura de São Paulo.

Jornalista com mais de 8 anos de experiência. Trabalhou como redatora, repórter e produtora na emissora Nossa Rádio FM e produtora na Metropolitana AM, depois foi diretora-geral do conhecido podcast Mamilos, passou por algumas agências de São Paulo e Rio de Janeiro e agora, além de colaboradora da WebGo Content, é Copy Content na In House da divisão agrícola da Bayer e Host/Criadora do podcast "Me Empresta Seus Óculos".
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário