Prouni, Fies e Sisu: MEC divulga as datas para próximas edições – Confira aqui!

O Ministério da Educação divulgou o calendário oficial dos programas educacionais para a segunda edição de 2021 organizados pelo governo federal, como o Prouni (Programa Universidade Para Todos), Sisu (Sistema de Seleção Unificada), Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Os candidatos que querem participar já podem se programar para não perder o período de inscrição. Acompanhe a seguir as datas atualizadas divulgadas pelo MEC.

Datas Prouni 2021 – Segundo semestre

página prouni em notebook

O Programa Universidade Para Todos (Prouni) é um programa destinado aos estudantes de baixa renda que querem candidatar-se a vagas de graduação e cursos técnicos em universidades particulares brasileiras.  Por meio do projeto são ofertadas bolsas integrais e parciais (de 50%).

A seleção é feita com base na nota do Enem, portanto, para fazer a candidatura o estudante precisa ter realizado a última edição da prova. Além disso, também é requisito para participar comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Já para as bolsas parciais, comprovação de renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos.

Também podem participar do Prouni pessoas com deficiência, professores da rede pública de ensino no exercício de magistério e quem cursou o ensino médio completo em escola da rede pública ou com bolsa integral em colégios particulares.

No caso do Prouni 2021 a primeira novidade é que os estudantes não poderão concorrer a vagas no 1º semestre por conta do atraso no calendário do Enem, prorrogado por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19).

A seguir, confira o calendário do Prouni 2° semestre de 2021:

  • Período de inscrição: 13 a 16 de julho de 2021;
  • Resultado da primeira chamada: 20 de julho de 2021;
  • Período de matrícula: 20 a 28 de julho de 2021;
  • Resultado da segunda chamada: 03 de agosto de 2021;
  • Período de matrícula: 03 a 11 de agosto de 2021;
  • Lista de espera: 17 a 18 de agosto  de 2021 para manifestar interesse;
  • Resultado da lista de espera: 20 de agosto de 2021;
  • Período de matrícula: 23 a 27 de agosto de 2021

Confira também:

Datas Sisu 2021 – Segundo semestre

página do sisu em notebook

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um processo seletivo do MEC que usa a nota do Enem para ofertar vagas de graduação em universidades públicas de todo o Brasil.

Para participar da edição do Sisu 2021 é preciso ter obrigatoriamente feito o Enem do ano de 2021 e não ter zerado a prova de redação.

Por meio do programa online o candidato deve realizar o cadastro no site e acompanhar as notas de cortes das universidades para confirmar em qual curso quer tentar uma vaga. Até o último minuto é possível realizar alterações no sistema, melhorando as oportunidades dos estudantes em conseguir entrar numa universidade pública.

Confira a seguir o calendário do Sisu para 2021:

  • Período de inscrição: 03 a 06 de agosto de 2021;
  • Resultado da chamada única: 10 de agosto de 2021;
  • Período de matrícula: 11 a 16 de agosto de 2021;
  • Lista de espera: 10 a 16 de agosto para manifestação;
  • Resultado da lista de espera: 18 de agosto de 2021;
  • Período de matrícula: 19 de agosto de 2021;

Confira também:

Datas Fies 2021 – Segundo semestre

app fies em celular

O Programa de Financiamento Estudantil (Fies) permite aos estudantes cursarem o ensino superior em instituições particulares com o direito de pagar o valor da mensalidade somente após formados e com taxa de juros zero.

Para se candidatar é requisito comprovar renda familiar mensal de até três salários mínimos. Já na modalidade P-Fies podem candidatar-se também estudantes com renda familiar mensal de até cinco salários mínimos.

Acompanhe a seguir  o calendário do Fies 2021:

  • Período de inscrição: 27 a 30 de julho;
  • Resultado da 1ª chamada: 03 de agosto de 2021;
  • Período de matrícula: 04 a 06 de agosto de 2021;
  • Lista de espera: 04 a 31 de agosto para divulgação do resultado (quem não foi pré-selecionado na primeira chamada única entra automaticamente na lista de espera, sem precisar manifestar interesse);
  • Divulgação de vagas remanescentes e período de matrícula: 08 a 10 de setembro de 2021;
  • 2ª chamada de vagas remanescentes e período de matrícula: 27 a 29 de outubro de 2021;

Confira também:

Enem 2022

cadernos de provas enem

O MEC também divulgou juntamente com o calendário dos programas educacionais um novo período para justificar a ausência no Enem de 2021 e também pedir a isenção da taxa de inscrição. O documento, no entanto, não determina a data da prova ou inscrição da próxima edição.

Quem faltou ao Enem de 2021, entretanto, pode regularizar a situação respeitando os seguintes prazos:

  • Justificativa da ausência e solicitação da isenção da taxa de inscrição: 17 a 28 de maio;
  • Resultado preliminar: 9 de junho;
  • Período para apresentar recursos: 14 a 18 de junho;
  • Resultado dos recursos e pedidos aceitos: 25 de junho.

Conforme explica o documento oficial, serão aceitos os recursos que incluam uma ou mais das seguintes justificativas:

assalto ou furto: deve ser comprovado com boletim de ocorrência policial nas datas do exame ao qual o candidato estava inscrito (impresso ou digital)

acidente de trânsito: deve ser apresentado boletim policial com dados do estudante e relato do acidente na data dos exames

casamento/união estável: será aceita a certidão de casamento ou contrato de união estável realizados na data dos exames

morte na família: poderá ser comprovada mediante certidão de óbito

maternidade: será preciso apresentar uma certidão de nascimento da criança nas datas do exame

acompanhamento de cônjuge ou companheiro: documento deverá ser expedido por alguma autoridade que ateste o deslocamento de cidade

privação de liberdade: mandado de prisão ou documento similar

emergência médica ou odontológica: atestado profissional relatando a condição de saúde do candidato

trabalho: situação que demande o deslocamento por motivos de trabalho, com identificação da empresa, CNPJ, e assinatura do empregador

intercâmbio acadêmico: documento assinado, em português, justificando o vínculo

atividade curricular: declaração ou documento assinado que comprove a participação em atividade escolar na data do Enem

Já referente ao pedido de isenção da taxa de inscrição Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), pede-se um ou mais dos  seguintes documentos para obter o benefício:

Comprovante de pagamento, como holerite ou contracheque

Declaração assinada pelo interessado para autônomos, com nome, atividade que exerce, onde a executa, telefone de contato, há quanto tempo tem esta função e renda bruta mensal em reais

Extrato de rendimento do INSS

Recibo de seguro-desemprego e do FGTS

Rescisão do contrato de trabalho

Comprovante de programas sociais, como Bolsa-Família

Completou a sua agenda com as próximas datas dos programas de educação? Fique atento para não perder os prazos e boa sorte nos processos seletivos! Caso tenha ficado alguma dúvida, faça sua pergunta na aba de comentários logo abaixo!

Avatar
Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e pós-graduanda em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário