Declaração do Imposto de Renda vai terminar em abril? Descubra até quando vai o prazo

Declaração do Imposto de Renda vai terminar em abril? Descubra até quando vai o prazo
Confira o novo prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Na última semana, os brasileiros ganharam um novo prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda de 2022. O prazo que estava previsto para vencer no próximo dia 29 de abril foi estendido em um mês.

Com isso, quem precisa declarar o Imposto de Renda neste ano e ainda não fez isso tem até o dia 31 de maio para entregar a declaração. A mudança também vale para quem saiu do país e para declarações de espólio.

Publicidade

Publicidade

No entanto, o calendário para restituição do imposto continua o mesmo. Neste ano, os pagamentos acontecerão em cinco lotes entre maio e setembro, e os contribuintes poderão receber a restituição via Pix.

Por que aumentou o prazo para declaração do Imposto de Renda?

Declaração do Imposto de Renda vai terminar em abril? Descubra até quando vai o prazo
Confira o novo prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Em nota, a Receita Federal informou que aumentou o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda deste ano por conta dos efeitos da pandemia de covid-19.

Segundo a Receita, algumas empresas e órgãos ainda não conseguiram normalizar totalmente seus serviços de atendimento, o que pode dificultar o preenchimento correto e o envio das declarações.

Publicidade

Publicidade

Vale lembrar que os prazos para entrega da declaração do Imspoto de Renda também foram prorrogados em 2020 e 2021, para junho e para maio, respectivamente.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda?

Em 2022, a declaração do Imposto de Renda é obrigatória para contribuintes que:

  • Receberam mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2021, o que inclui salário, aposentadoria, pensão, rendas de aluguéis e rendimentos como autônomo;
  • Receberam mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados apenas na fonte em 2021;
  • Tinham mais de R$ 300 mil em posse de bens e investimentos, o que inclui imóveis e veículos;
  • Tiveram lucro com venda de bens;
  • Receberam mais de R$ 142.798,50 com atividade rural ou prejuízo em compensação;
  • Usaram isenção de imposto na venda de imóvel para a aquisição de outro em até 180 dias;
  • Realizaram operações na Bolsa de Valores;
  • São estrangeiros e passaram a residir no Brasil em 2021.

Em caso de dúvidas sobre precisar ou não declarar o Imposto de Renda neste ano e como fazer a declaração, acesse o site da Receita Federal para mais informações.

Felipe MatozoJornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
Veja mais ›
Fechar