Detran SP realiza leilão de carros a partir de R$ 2,1 mil até dia 6 de julho

O Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) realizará nos dias 5 e 6 de julho, um leilão de veículos. O evento terá início às 14h e contará com nove carros, 23 motos e 81 sucatas.

Continue lendo a matéria para saber como participar e tenha mais informações sobre o leilão de veículos!

Publicidade

Publicidade

Detran-SP realizará leilão em julho Foto Detran Divulgacao
Detran-SP realizará leilão em julho Foto Detran Divulgacao

Detran-SP realiza Leilão de Veículos

No primeiro dia de evento, entre os valores mais baixos estão de um JTA Suzuki EN125 YEA 2008/2008 e uma Yamaha XTZ 125E 2006/2006 de R$ 800,00. Já entre os carros com valores menores está um Ford Versailles GL 1993/1994, com valor inicial R$ 2.100,00.

No segundo dia do evento, na terça-feira, o consumidor terá a oportunidade de participar de um leilão de sucatas com lance mínimo de R$ 200,00. Entre as opções estão um VW Fusca 1300/1973 e o GM Chevette 1.6 1985/1986.

Entre as motos com o mesmo lance de R$ 200,00 há uma Honda XL 250 R 1984/1984 e uma Yamaha YBR 125 E 2004/2004.

Publicidade

Publicidade

De acordo com o edital, os lotes não arrematados na modalidade com direito à documentação, mesmo após o repasse serão vendidos sem direito à documentação no mesmo leilão.

Poderão participar do leilão de veículos na modalidade “com direito a documento”, pessoas físicas, maiores de 18 anos ou pessoas jurídicas e na modalidade “em fim de vida útil para desmonte” apenas pessoas jurídicas devidamente credenciadas no Detran-SP.

Como irá funcionar os pagamentos do Leilão de Veículos do Detran-SP?

É importante saber que os lotes serão ofertados para pagamento apenas à vista. Por isso, o arrematante deverá efetuar o pagamento dentro da maneira estabelecida pelo leiloeiro.

A título de comissão do leiloeiro, o arrematante deverá efetuar o pagamento do valor de 5%, calculado sobre o valor total do preço ofertado na forma estabelecida pelo leiloeiro. Além do valor do arremate, o arrematante arcará com o custo proveniente da taxa de preparação de leilão instituída pala Lei nº 15.911, de 29 de setembro de 2015 no valor equivalente à 5 UFESPs, de acordo com o valor fixado para o ano, e que será acrescido no boleto veículo com direito a documentação será cobrado taxa administrativa de R$ 200,00. Após a quitação do preço ofertado, conforme estabelecido nos subitens 5.4.1, 5.4.2 e 5.4.3, o leiloeiro oficial emitirá a(s) Nota de Venda”, afirma o edital do leilão a partir do item 5.4.

O edital completo pode ser conferido neste link .

Porque alguns carros são leiloados como sucatas?

Esses veículos são considerados em fim de vida útil, o que significa que eles não voltarão a circular e poderão ser arrematados por desmontes credenciados no órgão de trânsito, nas Portarias Detran.SP n.º 942/14 e 1359/14.

  • Se eu comprar um carro de leilão com direito à documentação, precisarei pagar as dívidas dele ou só o valor definido no leilão?

Neste caso, apenas o valor definido e nas condições de venda estabelecidas. Ou seja, nenhum débito anterior ao leilão será cobrado do novo proprietário, referente ao gravame (Alienação Financeira e/ ou Leasing), a Instituição Financeira fará a cobrança ao antigo proprietário.

  • Como receberei a documentação do veículo?
Publicidade

Publicidade

Após a comprovação do pagamento do boleto, será expedida a Nota de Venda e no caso de veículo com direito a documentação, será inserida a restrição “Comunicação de Venda”, em nome do arrematante.

Após isso, o comprador poderá retirar o veículo do pátio e promover os ajustes necessários no veículo, além da vistoria de transferência, nos termos da legislação vigente e segue a uma unidade de atendimento para efetivar a transferência.

É importante ressaltar que o prazo de transferência deve ser seguido no prazo de trinta dias constantes da expedição da nota de venda.

  • Posso vender o carro após compra em leilão?

Sim! Após realizar os procedimentos de transferência do veículo, o nome CRV terá como proprietário o arrematante do leilão. Desta forma, o veículo estará livre e desimpedido para outros negócios.

Jornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário