MEI: BNDES libera empréstimo de até R$ 21 mil – Confira!

O BNDES liberou empréstimo para MEI de até R$ 21 mil, com taxas de juros de até 4% ao mês. A nova linha de crédito tem como objetivo oferecer mais recursos para que os pequenos empresários possam crescer no mercado.

O Microcrédito Empreendedor – nome do programa do BNDES que liberou empréstimo para MEI – serve para que os microempreendedores possam comprar equipamentos, matéria-prima, fazer capital de giro, etc. A linha de crédito está disponível para pessoas físicas e jurídicas; basta ser empreendedor que realize atividades produtivas de pequeno porte.





Mas para garantir o empréstimo para MEI do BNDES, a empresa deve ter receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil por ano. Se o valor ultrapassar esta faixa, o empresário não poderá usufruir da nova linha de crédito do BNDES.

Como critério de avaliação, a instituição irá realizar uma análise de crédito durante o período em que ocorrer o pedido de empréstimo, para que seja decidido seja o negócio se encaixa ou não nos critérios do banco.

empréstimo para MEI

Como solicitar empréstimo para MEI do BNDES

O primeiro passo para solicitar empréstimo para MEI é abrir uma conta no BNDES. Após realizar este passo, acesse o site da instituição e clique em “Solicite seu Cartão”.





Preencha o formulário que aparecerá na sua tela com informações como o CNPJ e a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). Além disso, você precisa escolher o banco em que vai vincular o cartão antes do envio da proposta.

Se você desejar contratar o microcrédito para MEI do BNDES, basta encaminhar a solicitação pelo Canal MPME (Micro, Pequenas e Médias Empresas), no site do banco.

Nova plataforma MEI

O MEI agora tem acesso a uma plataforma totalmente reformulada e apta a atender todas as necessidades do microempreendedor individual. Agora, o acesso é realizado pelo endereço gov.br/mei.

Confira os serviços disponíveis:

  • Abertura gratuita do MEI;
  • Emissão de guias mensais para pagamento;
  • Alteração de dados cadastrais da empresa;
  • Nota fiscal eletrônica;
  • Informações sobre Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI);
  • Informação sobre qualificação do MEI;
  • Informação sobre créditos;
  • Crédito emergencial devido à pandemia;
  • Informação sobre programas de incentivo ao empreendedor;
  • Atividades do MEI;
  • Legislação;
  • Estatísticas;
  • Parcerias;
  • Baixa do MEI.

Benefícios do MEI

Se você ainda não é Microempreendedor Individual, mas pretende se tornar, saiba que quem é MEI tem direito a muitos benefícios previdenciários.

Mas, para tê-los, é necessário realizar o pagamento do DAS e estar em dia com as demais obrigações do Microempreendedor Individual.





Confira abaixo uma lista com os benefícios previdenciários garantidos ao MEI:

  • Salário-maternidade: Para obter este benefício é necessário realizar 10 meses de contribuição;
  • Auxílio-doença: Para obter este benefício é necessário realizar 12 meses de contribuição;
  • Auxílio-reclusão: Para obter este benefício é necessário realizar 24 meses de contribuição;
  • Pensão por morte: Para obter este benefício é necessário realizar 24 meses de contribuição;
  • Aposentadoria por invalidez: Para obter este benefício é necessário realizar 12 meses de contribuição;
  • Aposentadoria por idade: Para obter este benefício é necessário realizar 180 meses de contribuição.

Agora que você já tem todas as informações de que precisa, basta solicitar o empréstimo para MEI do BNDES.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS. Repórter, apresentadora, roteirista e redatora, com experiência em rádio, televisão e online.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário