Enem 2020: divulgação dos locais de prova da reaplicação! Veja aqui!

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou os locais de prova da reaplicação do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio).

É simples obter a informação, basta acessá-la na Página do Participante do Enem, informando seu login e senha. Confira, aqui, mais informações sobre a prova!

enem 2020 reaplicação

Reaplicação do Enem 2020

A reaplicação do Enem 2020 tem como foco atender candidatos que não conseguiram realizar a versão impressa ou digital devido à contaminação por Covid-19 ou outras doenças infecciosas, bem como por problemas logísticos.

Há dois casos de reaplicação: os que os candidatos solicitaram essa alternativa ao Inep e outros que tiveram liberação automática pelo órgão, como os moradores do Amazonas e das cidades Espigão D’oeste e Rolim de Moura, em Rondônia.

Também se enquadram em um caso de liberação automática os estudantes que fariam o Enem digital no IFAP (Instituto Federal do Amapá) e no campus de Queimados, da Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, mas tiveram problemas no dia.

Como saber o local de prova Enem 2020?

O local de prova da reaplicação está no cartão de confirmação do Enem 2020, documento disponível na Página do Participante.

Nele, também há o número de inscrição, data e horário das provas, opção de língua estrangeira, se precisa ou não de atendimento especializado.

Veja, a seguir, um passo a passo para verificar seu cartão de confirmação Enem 2020 e saber o local de prova da reaplicação:

  1. Acesse a Página do Participante;
  2. Clique em “Página do Participante – entrar com gov.br”;
  3. Informe seu CPF e clique em “avançar”;
  4. Digite sua senha e clique em “entrar”. Caso não se lembre da senha, clique em “esqueci minha senha” e siga as orientações para criar uma nova;
  5. Selecione “cartão de confirmação”.

Um detalhe importante: não é obrigatório imprimir o cartão de confirmação, mas o Inep recomenda que os candidatos façam a impressão para ter o documento consigo nos dias de prova.

A princípio, tal recomendação tem como finalidade garantir que o candidato tenha informações importantes acessíveis, sem depender exclusivamente do celular.

Datas e horários da reaplicação do Enem 2020

De acordo com informações do Inep, a reaplicação do Enem 2020 será nos dias 23 e 24 de fevereiro. Os portões abrirão às 11h30 e fecharão às 13h00.

As provas do Enem devem começar às 13h30, mas somente se não houver intercorrências que atrasem a aplicação em alguns minutos.

O que levar na reaplicação do Enem 2020?

Os candidatos inscritos com reaplicação aprovada devem levar um documento de identificação oficial com foto (como o RG) e caneta de tinta preta com tubo transparente.

O uso de máscara que cubra nariz e boca é obrigatório e o ideal é que o candidato tenha mais de uma, para uma eventual troca. Também deve ter consigo álcool em gel, para higienização das mãos.

Os candidatos podem levar água e lanches, desde que cumpram requisitos de higiene no momento do consumo, evitando danificar o caderno de provas e folha de resposta.

Como são as provas de reaplicação do Enem 2020?

As provas de reaplicação ocorrerão em dois dias, com 90 questões objetivas e uma redação. A seguir, veja quais conteúdos são cobrados:

  1. Ciências humanas: filosofia, geografia, história e sociologia;
  2. Linguagens, códigos e suas tecnologias: português, literatura, língua estrangeira, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação;
  3. Ciências da natureza: biologia, física e química;
  4. Matemática e suas tecnologias;
  5. Redação.

Quando sai o resultado da reaplicação do Enem 2020

O resultado do Enem 2020 sai somente no dia 29 de março. Em contrapartida, se fizer o exame na condição de treineiro só terá acesso às informações sobre desempenho nas provas em 29 de maio.

Enem 2020

O Enem 2020 entrou para a história como o que atingiu maior taxa de abstenção. Na primeira etapa, que ocorreu em 17 e 24 de janeiro, 51,5% dos inscritos faltaram no primeiro dia e 55,3% no segundo.

A alta taxa de abstenção tem como explicação a pandemia de Covid-19 e alta dos casos no início do ano, com muitos candidatos com medo de contaminação.

Além disso, a edição de 2020 teve uma novidade, a versão digital do Enem, que também teve altas taxas de abstenção (68,1% no primeiro dia e 71,3% no segundo).

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário