Faltou no Enem 2020? Veja em quais condições você pode pedir a reaplicação da prova

Faltou no Enem 2020? Veja em quais condições você pode pedir a reaplicação da prova
Faltou no Enem 2020? Veja em quais condições você pode pedir a reaplicação da prova


O Enem 2020, que foi aplicado no último final de semana (17/01/2021) poderá ser reaplicado. 

Isso porque, em meio a pandemia, vários alunos não puderam ou não sentiram segurança em realizar a prova. Tanto por terem medo de se expor ao vírus, como também pela paralisação das aulas no ano letivo de 2020. 

Publicidade

Publicidade

A Defensoria Pública da União (DPU) pediu à justiça o adiamento das provas do Enem, marcadas para o próximo domingo, dia 24/01/2021, e a reaplicação a todos os estudantes ausentes. 

Faltou no Enem 2020? Veja em quais condições você pode pedir a reaplicação da prova
Faltou no Enem 2020? Veja em quais condições você pode pedir a reaplicação da prova

Enem 2020: porque reaplicar a prova?

A DPU argumenta que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, o INEP,  não respeitou o porcentual de ocupação das salas a que tinha se comprometido.

O exame no dia 17 teve recorde de abstenção. Praticamente metade dos estudantes não participaram das provas. Em alguns lugares, os candidatos se apresentaram para realizar a prova, porém foram impedidos depois que as classes alcançaram capacidade máxima de 50%. 

Publicidade

Publicidade

Uma reportagem do jornal O Estado de São Paulo, os planos previam ocupação de até 80%, porém o Inep havia prometido aos inscritos e apresentado à Justiça capacidade de 50%. 

Ao que tudo indica, o instituto contou com a abstenção dos alunos para garantir ocupação de 50%, o que não ocorreu em vários locais.

O pedido de reaplicação

O pedido encaminhado à 12.ª Vara Cível Federal de São Paulo, a Defensoria Pública da União diz que os fatos ocorridos no dia da prova:

demonstram, com clareza, que a prova não poderia ter sido realizada, já que os protocolos de segurança e prevenção estabelecidos unilateralmente pelos réus não puderem ser cumpridos por eles próprios.

Eles também alegam que o Inep mentiu em juízo e que ficou provada, durante a realização das provas, a previsão de que a ocupação das salas era de 80% da capacidade. 

O pedido assinado pelo defensor público federal João Paulo Dorini, falando sobre a alta abstenção, diz que os esforços dos réus não deveriam se voltar à realização do Enem a qualquer custo, simplesmente para dizer que foi realizado”.

 

Pedimos que fosse respeitada a possibilidade de todos os candidatos que não fizeram a primeira prova participar de uma reaplicação e também pedimos, já que o Inep não conseguiu atender protocolos de segurança que ele mesmo criou, que seja reagendado o segundo dia de provas. Não pedimos a anulação do exame até agora porque também é injusto com milhões de estudantes que já se submeteram a esse perigo de contaminação, completou Dorini. 

Publicidade

Publicidade

O Inep informou que não irá comentar o caso.

Quem pode pedir a reaplicação imediata da prova? 

Informações divulgadas pela Agência Brasil mostram que, os alunos que estiverem com sintomas da Covid-19 ou outra doença infectocontagiosa devem comunicar ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep. 

Esses candidatos, devido à sua condição, terão direito a fazer o Enem na data da reaplicação, nos dias 23 e 24 de fevereiro. 

A solicitação para participar da reaplicação pode ser feita pela Página do Participante. O sistema ficará aberto até as 12h do dia 23 de janeiro. 

Publicidade

Para solicitar a participação, o estudante deverá apresentar os laudos médicos e documentos que comprovem a situação. 

Fonte: O Estado de S. Paulo.

Publicidade

Amanda LinoJornalista com mais de 8 anos de experiência. Trabalhou como redatora, repórter e produtora na emissora Nossa Rádio FM e produtora na Metropolitana AM, depois foi diretora-geral do conhecido podcast Mamilos, passou por algumas agências de São Paulo e Rio de Janeiro e agora, além de colaboradora da WebGo Content, é Copy Content na In House da divisão agrícola da Bayer e Host/Criadora do podcast "Me Empresta Seus Óculos".
Veja mais ›
Fechar