Fã joga objeto em Justin Bieber após cantor se recusar a cantar ‘Despacito’

Em show em Estocolmo, ele disse que não apresentaria hit em espanhol por não saber a letra; veja vídeo. Com ajuda da música, canadense quebrou recorde dos Beatles em parada musical.

Justin Bieber precisou se esquivar de um objeto jogado pela plateia depois de dizer que não cantaria o hit “Despacito” em um show em Estocolmo, na Suécia, no último fim de semana, noticiou o site da revista “Entertainment Weekly”. O momento foi registrado por um fã em vídeo (assista).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O cantor canadense é um dos vocalistas de um remix da música dos portorriquenhos Luis Fonsi e Daddy Yankee, que o colocou no topo das paradas e bateu recordes no mundo todo. No palco, Bieber explicou: “Eu não posso cantar ‘Despacito’, eu nem sei a música”, desculpou-se, referindo-se à letra em espanhol.

Mas nem todo o mundo aceitou o argumento. Logo em seguida, um objeto – que parece ser uma garrafa – voou em direção ao artista, que não foi atingido. Com fama de esquentadinho – ele já saiu do palco algumas vezes após se irritar com fãs -, Bieber apenas pediu: “Não joguem coisas em mim, por favor”.

Recorde dos Beatles

Mesmo sem saber a letra, Bieber é um dos maiores beneficiados por “Despacito”. Nesta segunda-feira (12), a revista “Billboard” anunciou que o cantor quebrou um recorde dos Beatles ao emplacar duas músicas ao mesmo tempo entre as cinco primeiras do ranking Hot 100 por 13 semanas.

“Despacito” e “I’m the one”, parceria com DJ Khaled, ficaram entre as cinco primeiras nas últimas cinco semanas. “Love yourself” e “Sorry” conseguiram a façanha por oito semanas em janeiro e fevereiro de 2016.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em 1964 e 1969, os Beatles acumularam 12 semanas com pelo menos duas músicas entre as cinco primeiras colocadas. Em 64, o quarteto conseguiu monopolizar as três primeiras posições por cinco semanas – esse sim, um feito que nem Bieber, nem qualquer outro artista, conseguiu alcançar até hoje.

divulgação

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar