Família Pernambucana foi feita refém pelos criminosos e morta incluindo duas crianças

Tentativa de assalto a duas agências bancárias, uma do Banco do Brasil e outra do Bradesco, em Milagres, a 482,7 km de Fortaleza, terminou com pelo menos 10 mortos na madrugada desta sexta-feira, 7. Segundo apuração da Rádio O POVO/CBN Cariri, pelo menos 30 criminosos participaram da ação e fizeram reféns. Os suspeitos fugiram sem levar dinheiro dos bancos.

CONTINUA APÓS O ANUNCIO

De acordo com informações preliminares, dos 10 mortos, seis seriam reféns. Eles seriam de uma mesma família de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, que seguia para o aeroporto de Juazeiro do Norte, no Ceará.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o grupo criminoso roubou um caminhão, que foi usado para interditar a BR-116, no quilômetro 495, que fica entre os municípios de Brejo Santo e Milagres. O bloqueio seria para atrasar a chegada da Polícia à Cidade. A via está parcialmente liberada, conforme a PRF informou ao O POVO Online às 8h50min, mas o veículo ainda se encontra no local.

Conforme relatos de pessoas que moram próximo aos estabelecimentos bancários, a troca de tiros foi intensa e deixou vários feridos, além dos óbitos. Dez pessoas teriam dado entrada no Hospital Municipal Nossa Senhora dos Milagres. No Município o clima é de medo.

Equipes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram acionadas para o local por volta das 2h30min, conforme o major Cavalcante. No momento que o grupamento chegou os criminosos trocavam tiros com a Polícia Militar (PM).
Diligências estão em andamento para localizar o restante da quadrilha. De acordo com o major Cavalcante, o grupo criminoso se dividiu entre cercar o destacamento policial da região e bloquear a rodovia

CONTINUA APÓS O ANUNCIO

Do jornal O Povo para a Rede Nordeste






Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar