Hebron é o novo patrocinador master do Central

Visando se fortalecer ainda mais dentro e fora das quatro linhas, a diretoria do Central fechou mais uma importante parceria para o ano em que o clube comemora o seu centenário. Na tarde desta terça-feira (5), a Patativa convocou toda a imprensa para oficializar o acordo com o seu novo patrocinador: empresa de medicamentos Hebron. 

CONTINUA APÓS O ANUNCIO

Após conversas do vice-presidente centralino Airton Júnior juntamente com representantes da empresa, ambas as partes chegaram em um acerto para firmar o contrato.

Multinacional de vasto conhecimento dentro e fora do país, a Hebron estampará sua marca nos uniformes da Patativa já nesta quarta-feira (6), no confronto decisivo diante do Ceará, no Lacerdão, válido pela primeira fase da Copa do Brasil.

A exemplo da Patativa, a empresa com origens em Caruaru também vivencia em 2019 um ano importante, pois completa três décadas no mercado de franco crescimento, como destaca Bruno Henrique, diretor da Hebron.

“A Hebron está completando 30 anos também, já atua em todo território nacional e alguns países da América Latina, pra nós também é um ano importante e nada melhor que juntarmos essas marcas para crescermos juntos”.

CONTINUA APÓS O ANUNCIO

Na primeira parceria com o meio do futebol, a Hebron já está se movimentando para explorar de forma positiva a sua marca na Patativa para que ambos colham bons frutos num futuro próximo.

“Estamos tendo nossa primeira experiência com futebol, com marketing esportivo, esperamos que seja uma experiência vitoriosa. Nós estamos trabalhando com o marketing da empresa que certamente tem todo planejamento já montado para trabalhar nossa marca nos 100 anos de Central” – afirmou Bruno Henrique.

A EMPRESA

Dedicada ao ramo da saúde, a Hebron  estende-se principalmente na comercialização de remédios nas especialidades de Pediatria, Clínica Médica, Gastroenterologia e Ginecologia. Além do Brasil, a empresa mantém relacionamentos comerciais, econômicos e institucionais com outros países, tais como EUA, México, Cuba, Peru, Chile, Equador, Colômbia, Moçambique, Nigéria, África do Sul, Portugal e Áustria.

 

CONTINUA APÓS O ANUNCIO
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar