Homenagem ao escritor José Condé e peça com Aramis Trindade abrem a Fenagreste nesta terça-feira,10

O romancista e contista, com 13 obras publicadas, é o homenageado da segunda edição do evento, que tem a peça Romeu e Julieta, com o ator global, como principal atração do dia.

0

O primeiro dia de atividades da 2ª edição da Feira Nacional do Livro do Agreste – Fenagreste, conta com homenagens e apresentações no palco principal, lançamentos de livros e contação de histórias na tenda infantil já a partir das 9h desta terça-feira. A feira, promovida pela Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros – Andelivros, a Companhia Editora de Pernambuco – Cepe, com apoio do Governo de Pernambuco e da Prefeitura de Caruaru, segue até o domingo (15), no Espaço Cultural Tancredo Neves, em Caruaru.

A solenidade de abertura do evento, às 17h, com participação do presidente da Cepe, Ricardo Leitão e da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, terá a apresentação cultural de escolas municipais. Logo após, um homenagem será feita ao escritor José Condé, importante autor caruaruense, membro da Academia Brasileira de Letras, pelo também escritor Edson Tavares. “José Condé é um dos grandes nomes que Caruaru legou à literatura nacional. Não podíamos fugir a esta homenagem em seu centenário e, em especial, no mês do seu nascimento. Estamos muito felizes em trazer a Fenagreste a Caruaru”, afirma a prefeita de Caruaru.

A partir das 19h, o ator Aramis Trindade apresenta a sua versão do clássico Romeu e Julieta em forma de cordel. A peça traz para a cena o escritor Ariano Suassuna, interpretado por Aramis, resgatando as famosas aulas-espetáculo apresentadas pelo autor paraibano. Na primeira parte da montagem, o ator recita poema de 98 sextilhas, acompanhado pelos músicos Zé da Flauta e Tuca Araújo (na viola de 12 cordas). No segundo ato, é a vez do personagem Ariano Suassuna falar sobre a origem da história de Romeu e Julieta, literatura de cordel, movimento armorial e cultura popular.

Em paralelo aos eventos realizados no palco principal, às 17h, um lançamento coletivo de livros de oito professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) ocupará a sala Vital Santos. Entre os autores, as professoras Sheila Borges, Amanda Mansur e Ana Beatriz Nunes participarão de uma mesa-redonda, com o tema “Os impactos das novas mídias na comunicação: artigos acadêmicos e relatos profissionais”, para falar sobre as novas configurações na comunicação e como é a relação entre consumidor e produtor das notícias.

A publicitária Izabela Domingues lançará seu livro “Publicidade de Controle: Consumo, Cibernética, Vigilância e Poder”, que trata das transformações da publicidade nos últimos 50 anos. Outra obra a ser lançada é “A Aventura do Baile Perfumado: 20 anos depois”, de Amanda Mansur, que resgata a história da realização do filme que venceu o Festival de Brasília de 1996 e inaugurou o vigoroso período de produção audiovisual em Pernambuco que se estende até hoje.

A jornalista premiada Fabiana Moraes faz o lançamento do livro “Jomard Muniz de Britto: professor em transe”, um trabalho de pesquisa que relembra, com fortes pitadas poéticas, as várias facetas da agitada trajetória do professor, filósofo, poeta, cineasta, escritor e agitador cultural. Para finalizar, os professores Eduardo César Maia, Amílcar Bezerra e Gustavo Alonso lançarão a Revista Estudos Universitários, que é uma tentativa de levar o conhecimento feito dentro da universidade para o público mais amplo. A produção intelectual acadêmica pode contribuir efetivamente no debate público de ideias.

Contações de histórias acontecem desde o início da feira, às 9h, até as 18h, na tenda infantil. A Feira Nacional do Livro do Agreste reunirá 50 estandes, onde estarão representadas quase 100 editoras e distribuidoras. A expectativa é reunir, nos seis dias do evento, 60 mil pessoas, entra adultos, jovens e crianças. Todas as atividades são gratuitas.

FENAGRESTE – Espaço Cultural Tancredo Neves – Praça Coronel José Vasconcelos, 100, Centro, Caruaru. De 10 a 15 de outubro, das 9h às 21h.

Comentários