Inadimplência de pequenas empresas cai pela primeira vez desde janeiro de 2021

Dívidas das empresas diminui

A taxa de inadimplência das micro e pequenas empresas caiu 0,4% no mês de junho, segundo dados da Serasa Experian. A notícia é boa, já que o endividamento no CNPJ estava crescendo em ritmo acelerado nos últimos meses. Somente em maio de 2021 um total de 5,45milhões de empresas entrar em dívidas.

A melhoria no saldo dos microempreendedores individuais (MEIs) e pequenos empresários foi, em partes, reflexo da melhoria geral da economia brasileira. Afinal, os últimos dados divulgados apontam que os consumidores estão gastando mais.

Publicidade

Publicidade

Confira a seguir quais foram os impactos da ligeira retomada da economia nos diferentes nichos de mercado:

Queda na inadimplência das empresas

  • Comércio – Baixa de 0,5%:  é o setor com maior número de inadimplência, 40,8% do total das micro e pequenas empresas não conseguiram pagar dívidas
  • Serviços – Baixa de 0,3%;
  • Indústria – Baixa de 0,4%.

Aumento de crédito e empréstimo concedido às empresas

Uma das soluções mais recorridas aos empresários é a solicitação de linhas de crédito e empréstimos para pagar dívidas.

De acordo com dados do Banco Central em março houve um aumento de 10,1% na concessão de crédito para pessoas jurídicas, somando um total de R$ 407, bilhões contratados no mês;

Publicidade

Publicidade

O empréstimo mais utilizado em 2021 foi o desconto de duplicadas (operação teve alta de 58,7% este ano) e também com a antecipação de recebíveis (aumento de 23,3%). Em ambas as modalidades o dinheiro das vendas é usado como garantia de pagamento.

Conforme análises de crédito do  Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) um dos motivos que levou ao aumento do endividamento de empresas no 2020 foi os programas que ampliaram a acessibilidade ao crédito.

Somente com a liberação do Pronampe, por exemplo, foram R$ 40 bilhões em empréstimos concedidos, exemplifica o relatório do Sebrae.

Contudo, o presidente da instituição, Carlos Melles, explica que muitos empresários que solicitaram as linhas de crédito não conseguiram retomar o faturamento a tempo. Ou seja, precisaram atrasar o pagamento dos empréstimos, tornando-se inadimplentes.

Nos conteúdos a seguir você acompanha quais as modalidades de empréstimo mais populares para pequenas empresas em 2021:

Como negociar as dívidas da sua empresa

Se a sua empresa também está negativada ou sofrendo com dívidas este passo a passo te ajudará a fazer uma negociação que cabe no seu caixa.

  1. Avalie a situação: vá atrás de quanto é o percentual de cada uma das suas dívidas e o valor total do endividamento no CNPJ;
  2. Priorize as dívidas mais caras: entre em contato com a central de atendimento das instituições financeiras responsáveis pelas suas dívidas mais caras, pedindo por descontos em taxas de juros;
  3. Use os feirões de negociação: os estados e instituições como o Serasa fazem feirões de limpa nome que são excelentes opções para se livrar das dívidas pagando o mínimo o possível;
  4. Não faça novas dívidas: não uso empréstimos maiores para pagar empréstimos e linhas de créditos em que você já está endividado. Neste caso é melhor quitar dívidas maiores antes de assumir uma nova parcela que pode comprometer ainda mais o fluxo financeiro da sua empresa;
  5. Encontre alternativas de renda extra: em momentos de dificuldades financeiras inovar na forma de lucrar é necessário para gerar faturamento rápido e facilitar o pagamento de despesas;
Publicidade

Publicidade

Continue acompanhando a situação do empreendedorismo brasileiro nos conteúdos a seguir:

Fonte: Folha de São Paulo, G1,Valor Investe

Avatar
Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário