Como vai funcionar o iniciador de pagamentos do PIX

O Banco Central (BC) permitirá que plataformas digitais e deliverys utilizem o iniciador de pagamentos do PIX. Com o regulamento, o consumidor conseguirá realizar transações sem que seja preciso sair do aplicativo ou site no qual a compra está sendo efetuada.

Para possibilitar que as instituições façam os devidos ajustes em seus sistemas, a implementação desse meio de pagamento ocorrerá por meio das seguintes fases:

Publicidade

Publicidade

  • 30/08 – data de inserção do manual da chave PIX. As transferências poderão ser feitas pelos sites, app ou entre usuários;
  • 30/09 – transações realizadas por instituições que se dispuser a prestar o serviço de iniciação;
  • 01/11 – disponibilização de pagamentos via QR Code estático e dinâmico.

Vale mencionar que entidades financeiras ou mesmo de pagamentos autorizadas pelo BC, contanto que estejam certificadas na esfera do Open Banking, estão aptas a oferecer o serviço de iniciação no PIX.

O que é um iniciador de pagamento do PIX?

Pessoa segurando smartphone com aplicativo PIX aberto
Iniciador de pagamentos do PIX funcionará em conjunto ao Open Banking (imagem: reprodução/site Techmundo)

O iniciador de pagamento via PIX se refere a um modelo adotado por instituições de pagamento em que torna possível a transferência de valores, serviços de compra e venda.

Desta forma, as etapas de pagamento serão reduzidas a três fases, o que permitirá que a loja e-commerce se responsabilize a iniciar pagamentos para complementar a movimentação PIX dentro do aplicativo.

Publicidade

Publicidade

Como vai funcionar o iniciador de pagamentos do PIX

De forma geral, como já acontece na utilização do PIX para efetuar pagamentos, o consumidor escolhe a forma como deseja pagar (WhatsApp é um exemplo) e, desde que a instituição financeira seja autorizada a ser um iniciador do PIX e Open Banking, o usuário pode dar seguimento aos procedimentos.

Assim, após acessar o canal do iniciador, dentro do aplicativo é necessário consentir para que o app se conecte a conta do banco no qual o dinheiro será transferido.

Em seguida, a pessoa vai ser direcionada para a conta do banco, onde confirmará e autenticará essa conexão.

Em questão de segundos, depois de receber a confirmação de seu banco e conta do app conectado, o consumidor é redirecionado automaticamente ao ambiente que optou em movimentar valores.

Por fim, o usuário deve digitar o número da chave, inserir o valor e confirmar o PIX. E ao fazer isto, ele é redirecionado ao app da instituição financeira, que pedirá para que dê a confirmação final.

É seguro usar o iniciador de pagamentos do PIX?

Só o fato de exigir que a instituição iniciadora seja tanto participante do PIX quanto do Open Banking, e obedeça às respectivas regras, faz com que o iniciador de pagamento se torne seguro e munido de muita fiscalização.

Publicidade

Publicidade

Além do mais, é importante ressaltar que sempre vai ser preciso confirmar a movimentação financeira no ambiente bancário que foi escolhido (como já citado). Assim sendo, a operação é bem monitorada.

O iniciador cobra taxas?

De acordo com o Banco Central, fica a critério de a instituição financeira cobrar ou não algum custo do cliente para utilizar o serviço.

No entanto, partindo do pressuposto de que o PIX é gratuito, espera-se que os iniciadores não cobrem taxa alguma de seus clientes — ressalta Breno Lobo, consultor da gestão do PIX no BC, à plataforma InfoMoney.

Em suma, o iniciador de pagamentos do PIX vai ser um novo recurso, no qual, a pessoa optará ou não em utilizá-lo, ou seja, o consumidor não é obrigado a utilizar essa implementação.

Publicidade

Fontes: Somosphi, InfoMoney

Publicidade

Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante de leitura e apaixonado por música.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário