Inscrição para receber Vale-Gás de R$ em Ponta Grossa começa dia 25 de agosto

Vale-gás será entregue para moradores de Ponta Grossa, no Paraná. Foto: Santana FM.
Vale-gás será entregue para moradores de Ponta Grossa, no Paraná. Foto: Santana FM.

A Prefeitura de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) realiza a partir de hoje (25) o cadastro para as famílias que desejam receber o vale-gás, como produto de troca no programa Feira Verde.

De acordo com informações da prefeitura, ao todo, serão atendidas neste sistema cerca de 1,5 mil famílias.

Publicidade

Publicidade

Continue lendo para mais informações sobre este assunto!

Vale-gás será entregue para moradores de Ponta Grossa, no Paraná. Foto: Santana FM.
Vale-gás será entregue para moradores de Ponta Grossa, no Paraná. Foto: Santana FM.

Vale-gás será entregue para as famílias de Ponta Grossa

A prefeitura afirma que os outros cadastros, cerca de 3,5 mil, serão repassados às famílias cadastradas junto aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da cidade. Este trabalho é feito em parceria com a Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa (FASPG).

Por este motivo, a orientação da prefeitura é que as famílias cadastradas pelos Cras que participam do Programa de Benefício Eventual de Auxílio-Alimentação não precisam realizar o cadastro on-line.

Publicidade

Publicidade

Segundo o cronograma, a troca de matérias recicláveis pelo benefício do gás de cozinha, que dará direito à recarga de 13 kg de gás, terá início no dia 16 de setembro.

A troca poderá ser feita em 209 pontos de coleta do Programa Feira Verde, que estão espalhados por toda a cidade.

Quem pode se cadastrar para receber o benefício de Ponta Grossa?

O cadastro para receber o vale-gás, conforme explica a prefeitura, pode ser feito a partir de hoje (25), a partir das 16h, por famílias com renda familiar de até três salários mínimos. O cadastramento será on-line pelo site.

Para isso, o representante da família deve apresentar uma documentação que será analisada pela prefeitura.

Saiba que para o cadastro, o interessado em receber o vale-gás deve apresentar os seguintes documentos:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda e/ou benefício.
  • Benefício vai atender famílias vulneráveis

A prefeita de Ponta Grossa, Elisabeth Schmidt avalia que o vale-gás, no Programa Feira Verde, é um compromisso da atual gestão, mas que também vai ao encontro de uma necessidade de milhares de famílias com dificuldade para comprar o gás de cozinha.

Publicidade

Publicidade

Ela revela que não basta Ponta Grossa estar entre as cidades que mais se desenvolveram no Paraná e no Brasil se não houver um olhar humano para os fatores sociais.

Por diversos motivos, o Brasil é um país desigual e com o preço do GLP cada vez mais caro, impossibilitando a aquisição do produto por muitas famílias. O gás de cozinha é muito importante para garantir a segurança alimentar das pessoas”, completa a prefeita.

Famílias serão acompanhadas por técnicos

Já a presidente da Fundação de Assistência Social de Ponta grossa (FASPG) e Secretária Municipal de Políticas Públicas, Simone Kaminiski, explica que a tarefa da fundação será indicar as famílias que devem ser acompanhadas por equipes técnicas, através dos Cras, as quais já participam do Programa de Benefício Eventual de Auxílio-Alimentação, sendo também beneficiadas pelo programa vale-gás.

Desta forma, as famílias serão encaminhadas para os mais de 200 pontos do programa para a entrega do vale-gás e troca de materiais recicláveis. Este ato vai aumentar a participação dessas pessoas no Feira Verde.

O secretário de agricultura, Bruno Costa, revela que o vale-gás é a garantia que muitas famílias têm para colocar comida na mesa e que esse benefício vai ajudar no combate à fome e às famílias que estão vivendo com dificuldade financeira durante a pandemia.

Publicidade

Sobre o cadastro, o secretário explica que o interessado deve anexar imagens legíveis dos documentos.

Publicidade

Pedimos para a população que antes de iniciar o cadastro no site, já possua antecipadamente os documentos em meio digital e confiram se estão legíveis. Tomando esses cuidados, será evitado o cancelamento do cadastro”, ressalta o secretário.

Ele também lembra que as famílias cadastradas pela FASPG através dos CRAS, as quais participam do Programa de Benefício Eventual de Auxílio-Alimentação, não precisam realizar o cadastro on-line, evitando assim a duplicidade.

Segundo a Secretaria de Agricultura, todos os cadastros poderão ser consultados a partir do dia 14 de setembro, através do número do CPF no site da Prefeitura.

No entanto, os beneficiários dos cadastros da FASPG, que não tiverem acesso à internet, poderão consultar diretamente nos CRAS também a partir do dia 14. Já a entrega do benefício deve acontecer no dia 16 de setembro, nos pontos de troca.

Bruna SantosJornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
Veja mais ›
Fechar