Inscrição para o FIES 2° semestre vai do dia 27 a 30 de julho e tem 69 mil vagas

O FIES é conhecido como um dos programas mais procurados por parte dos estudantes que em sua maioria, estão saindo do ensino médio, e assim, concorrendo para uma vaga de ensino em uma instituição de ensino superior privada.

Você sabia que já foram determinados quais serão os dias das inscrições para o FIES no segundo semestre? Veja aqui como funcionará, quais serão as formas de inscrição, quem pode efetuar esse processo e tudo que precisa saber.





Continue lendo e fique por dentro de questões interessantes.

Inscrição para o FIES 2° semestre vai do dia 27 a 30 de julho

Inscrição para o FIES 2° semestre vai do dia 27 a 30 de julho
Inscrição para o FIES 2° semestre vai do dia 27 a 30 de julho. Foto: Reprodução/UOL.

As inscrições para o FIES – Fundo de Financiamento Estudantil – referentes ao segundo semestre de 2021, terão sua data de abertura por entre 27 até 30 de julho.

Os candidatos possuem a possibilidade de fazer sua inscrição por meio do site oficial do FIES. Os estudantes dos quais realizaram o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio –, a partir da edição do ano de 2010, podem concorrer a uma bolsa de financiamento nesse ano.





Ademais, esses estudantes interessados devem ter uma média mínima de 450 pontos, assim como a nota superior a zero na redação que é aplicada.

Acompanhe o cronograma do Fies 2021/2

  • Inscrições: 27 a 30 de julho;
  • Resultado dos pré-selecionados em chamada única: 03 de agosto;
  • Prazo para complementar a inscrição dos pré-selecionados na chamada única: 04 a 06 de agosto;
  • Lista de espera: 04 a 31 de agosto.

Fies

O FIES é conhecido como um programa criado pelo MEC – Ministério da Educação -, do qual foi instituído pela Lei de número 10.260, no dia 12 de julho do ano de 2011, do qual possui como principal objetivo o de conceder um financiamento para os estudantes.

Mais especificamente para aqueles que estão tentando adentrar em instituições privadas, das quais possuem nota positiva dentro dos processos que são conduzidos pelo MEC, sendo ofertados assim pelas instituições de educação.

Saiba mais sobre o novo Fies

O novo FIES é conhecido por ser um modelo atualizado do financiamento estudantil moderno, do qual faz a divisão do programa em modalidades diferenciadas, o que dá a possibilidade de juros zero pra aqueles que necessitam do financiamento, o que pode mudar de acordo com a renda da família do candidato.

Essa modalidade recentemente lançada, tem como principal intenção o de trazer melhorias na gestão desse fundo, dando assim, uma maior sustentabilidade financeira do programa, garantindo assim, com que o FIES esteja viabilizando um acesso mais rápido ao ensino superior.

Quem são as pessoas que podem participar do FIES?

Conforme especificações do Novo FIES, que foram criadas no ano de 2018, ainda existem alguns pré requisitos necessários para que os alunos possam preencher e assim, se candidatar a este financiamento, que são:

  • Brasileiros graduados, ou não, com uma renda mensal familiar de até cinco salários mínimos;
  • O aluno precisa ter sido participante em algum Enem contando a partir do ano de 2010;
  • A pontuação no Enem deve ter igual ou maior que 450 pontos, sem zerar a redação;
  • Os alunos que já sejam beneficiados nas bolsas parciais do Prouni também tem a possibilidade de participar do Fies, financiando, assim, a parcela restante da mensalidade.

Pagamento durante e depois do curso





O aluno pode fazer o pagamento desse financiamento enquanto faz a graduação, porém, o valor de pagamento será apenas do valor referente ao que foi estabelecido dentro do contrato.

Ademais disso, também será preciso ter o custo do seguro de vida, do qual é obrigatório no momento de contratação do financiamento em questão.

É importante compreender que também existe o período de carência e o de amortização, onde o aluno finaliza a graduação. Dessa forma, existem algumas exigências específicas para esse momento sobre essa conta:

  • Se caso o aluno não tiver nenhum emprego durante o processo de amortização, essas parcelas serão quitadas em parcelas mensais de acordo com o valor mínimo da negociação acordado. Porém, se tiver algum tipo de renda, as parcelas serão descontadas automaticamente deste valor.
  • É estipulado que, em um prazo de 14 anos, o estudante consiga finalizar suas dívidas.

Agora que você já sabe informações completas sobre as novas datas do FIES, quais são as especificações desse programa e quanto tempo mais ou menos é estipulado que essas parcelas sejam quitadas, não deixe de verificar demais questões diretamente aqui em nosso site.



Fonte: UniLeão e Blog do Vestibular.



Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário