Lista de doenças que dão direito a auxílio de BPC de R$ 1.100 por mês

Há uma lista de doenças que dão direito ao auxílio de BPC, que paga R$ 1.100,00 por mês ao beneficiário que cumpre requisitos do programa. A seguir, apresentamos essa lista e mais informações sobre o benefício. Confira e saiba se você tem direito ao BPC!

bpc lista de doenças

O que é o BPC?

Trata-se do Benefício de Prestação Continuada, que é da Assistência Social. O BPC paga um salário mínimo por mês (R$ 1.100,00 em 2021) aos beneficiários que cumprem os requisitos do programa.





Quem tem direito ao BPC?

  • Idosos com a partir de 65 anos de idade que não podem se manter sozinhos ou pela família;
  • Pessoa com deficiência. Considera-se deficiência o impedimento de longa duração (mínimo de dois anos) para o trabalho e inserção da pessoa na sociedade. A deficiência pode ser física, mental, intelectual ou sensorial.

Um detalhe importante: a família do idoso ou pessoa com deficiência precisa ter baixa renda, ou seja, cada pessoa do grupo familiar tem de receber menos do que R$ 275,00 (1/4 do salário mínimo) por mês.

Lista de doenças que dão direito ao auxílio BPC

Existem doenças que garantem ao seu portador o recebimento do auxílio BPC, desde que comprove que tem tais enfermidades por meio de laudo e perícia médica. E quais são essas doenças? Abaixo, apresentamos quais são:

  • Alienação mental;
  • Cardiopatia grave;
  • Cegueira
  • Contaminação por radiação com base em conclusão da medicina especializada;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante);
  • Hanseníase;
  • Hepatopatia grave;
  • Mal de Parkinson;
  • Nefropatia grave;
  • Neoplasia maligna
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Síndrome de imunodeficiência adquirida – AIDS;
  • Tuberculose ativa.

Pessoas que têm outras doenças incapacitantes também têm direito ao BPC. Portanto, se sua enfermidade não estiver na lista acima, dá para pedir o benefício, desde que seja uma deficiência incapacitante e você consiga comprová-la ao INSS.





Para receber o BPC é obrigatório ter contribuído para o INSS?

Não é preciso porque o BPC não é considerado uma aposentadoria, mas sim um benefício assistencial. Portanto, se não contribuiu ao INSS durante toda a sua vida, é possível receber o benefício.

Como solicitar o auxílio BPC?

O primeiro passo para solicitação do BPC é procurar um CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) ou Secretaria de Assistência Social da sua cidade, para fazer uma entrevista para inscrição no CadÚnico (Cadastro Único).

Depois disso, a solicitação do BPC pode ser feita online, por meio da plataforma de serviços Meu INSS, conforme passo a passo que apresentamos a seguir:

  1. Acesse o Meu INSS;
  2. Clique em “agendamentos / solicitações”, item disponível no menu de serviços sem senha;
  3. Informe seu nome, CPF e data de nascimento;
  4. Marque a caixa de recaptcha;
  5. Caso já tenha cadastro, clique em “fazer login”. Se não tiver, selecione “continuar sem login”;
  6. Clique em “novo requerimento”;
  7. Em “que atendimento você deseja”, digite “BPC” e selecione “benefícios assistenciais”;
  8. Clique na opção que melhor se encaixa em seu perfil, se benefício assistencial à pessoa com deficiência ou ao idoso;
  9. Verifique se seus dados de contato estão corretos. Em caso negativo, atualize-os;
  10. Siga as orientações dadas na página e finalize a solicitação.

Pronto! Depois da inscrição e pedido do benefício, há a etapa de perícia médica, para identificar se o solicitante realmente cumpre os requisitos do programa. Procure juntar e apresentar o máximo de documentos que tiver, para aumentar as chances de aprovação.

Caso prefira, também dá para iniciar o processo por telefone, basta fazer uma chamada para o número 135 e solicitar o benefício. A ligação é gratuita, desde que feita a partir de um telefone fixo.

Como saber se o BPC foi aprovado?

O solicitante pode verificar se o benefício foi aprovado diretamente no site ou aplicativo Meu INSS, basta acessar a ferramenta e clicar em “resultado de benefício por incapacidade”, que aparece no menu de serviços da página inicial. Também dá para obter a informação por telefone, no número 135.





Além desses canais, o INSS encaminha uma carta ao requerente para lhe informar sobre a aprovação do benefício ou se o BPC foi indeferido. A correspondência informa, ainda, em qual agência bancária a pessoa receberá o benefício no caso de aprovação.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário