60% das empresas pretendem contratar nos próximos meses

Oferta por emprego deve aumentar em breve. Foto Istock
Oferta por emprego deve aumentar em breve. Foto: Istock

Quem está desempregado, pode comemorar: de acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria PwC Brasil, 60% das empresas, principalmente dos setores de Agronegócio e Tecnologia, pretendem contratar funcionários nos próximos meses, devido aos avanços da vacinação.

Para a segunda edição da pesquisa “Como sua empresa está reagindo à crise?”, foram ouvidas mais de 20 indústrias entre outubro de 2020 e março deste ano.

Publicidade

Publicidade

Durante esse período, o levantamento lembra que houve uma diminuição de 10% na adesão ao programa do governo federal de redução de jornada ou suspensão de trabalho temporário do contrato, além de a empresa poder conceder férias individuais ou coletivas.

Oferta por emprego deve aumentar em breve. Foto Istock
Oferta por emprego deve aumentar em breve. Foto: Istock

Trabalho remoto deve ser mantido

A pesquisa também apresentou que 79% das empresas pretendem manter ou implementar o trabalho remoto, e 68% adotarão o modelo híbrido, que combina trabalho presencial e à distância.

A sócia da PwC Brasil, Flávia Fernandes, explica, para o portal IG, que o trabalho remoto estará presente definitivamente no dia a dia das empresas a partir de agora.

Publicidade

Publicidade

Nossa pesquisa mostra que a pandemia trouxe avanços e mudanças estruturais permanentes na gestão dos trabalhadores, como na adoção do trabalho à distância e mais políticas de retenção de talentos”

Segundo informações do levantamento, 28% das empresas permitiram que seus profissionais trabalhassem fora da cidade ou do país de origem da contratação, ampliando as fronteiras do home office.

A pesquisa revela que para 38% dessas companhias, existe a possibilidade de manter esse modelo, mesmo depois que a pandemia acabar.

O levantamento também considerou como a pandemia fez as empresas se adaptarem para continuarem funcionando normalmente e com segurança.

O estudo revelou que para proteger o fluxo de caixa, em relação à primeira pesquisa, 54% das empresas usaram créditos tributários ou previdenciários, empréstimos bancários e até reduziram a sua infraestrutura.

Ajustes

A pesquisa afirma que alguns ajustes se tornaram permanentes, como:

  • Aperfeiçoamento dos controles de acesso;
  • Higienização dos ambientes de trabalho;
  • Criação de comissões para gerenciamento da crise;
  • Investimentos em tecnologia e processos.

Entre os entrevistados, 77% afirmam que reviram políticas, procedimentos e layouts dos ambientes de trabalho para conseguir cumprir as novas normas legais decorrentes da pandemia.

Reembolso para funcionários

Publicidade

Publicidade

Muitos profissionais que passaram a cumprir o expediente de trabalho em casa, puderam contar com o reembolso de despesas com internet e telefone.

Essa oferta quase dobrou, se comparada com a pesquisa anterior, em junho de 2020, que foi de 10% para 23%. Nesse contexto, 30% das empresas afirmam pretendem seguir com essa política nos próximos meses.

Monitore vagas de emprego

A internet facilitou muito a busca por empregos. Antes, era preciso comprar jornal toda a semana para buscar pelas oportunidades, mas atualmente, basta um clique no Google para ter acesso a muitas vagas.

Saiba que existem algumas ferramentas gratuitas que podem facilitar ainda a mais essa busca, como o Google Alerts.

Publicidade

A ferramenta de monitoramento do Google pode ser usado para diversas facilidades: atualização sobre uma área profissional, monitoramento de atividade de uma empresa em que o candidato tem interesse e também para buscar por uma vaga específica.

Publicidade

Para saber como cadastrar no Google Alerts, veja esse passo a passo:

  1. Acesse: www.google.com/alerts.
  2. Escolha os termos que deseja adicionar. A dica é misturar duas variáveis, como “Analista de Qualidade” vagas ou “Assistente Administrativo” vagas. Sempre use aspas em termos exatos para não buscar termos que não desejar. Outra dica é citar a cidade, caso tenha preferência.
  3. Escolha o local em que você quer receber as oportunidades, como sites, blogs, fóruns e discussões (redes sociais). O ideal é escolher “Todos” para deixar a busca mais ampla.
  4. Escolha a frequência.
  5. Se você tiver uma conta Google é possível configurar os alertas para serem enviados para seu e-mail.

Saiba que toda a vez os termos que você listou forem vistos pelo Google, ele te avisará na forma em que escolheu.

Fonte: Portal IG 

Bruna SantosJornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
Veja mais ›
Fechar