Auxílio Brasil: Mais de meio milhão de famílias estão fora do programa. Entenda

Mais de meio milhão de famílias ficarão de fora do Auxílio Brasil, veja mais sobre a notícia e muito mais aqui No Detalhe.

O Auxílio Brasil entrou no lugar do Bolsa Família, porém, está deixando mais de 558 mil famílias que vivem na miséria sem receber a ajuda. Contudo, o Governo não fala quantas pessoas das categorias miserável e pobre foram beneficiadas. Entenda.

Qual o motivo dessas famílias ficarem sem o Auxílio Brasil?

14,5 milhões de famílias foram atendidas com Auxílio Brasil, que começou a ser pago na última semana. Mas, o total deste benefício não foi capaz de atender as famílias que se encontram em estado de extrema pobreza, também chamada de miseráveis, aquelas que têm renda individual de R$ 89 ao mês. Entretanto, as famílias que se enquadram nesta situação totalizam 15,06 milhões.

Publicidade

Publicidade

Mais de meio milhão de famílias ficarão de fora do Auxílio Brasil (2)
Fonte/Reprodução: originalx

Até o mês de maio de 2020, a quantidade de miseráveis era menor que a quantidade de benefícios à disposição, porém, com a crise e o aumento da pobreza este quadro mudou.

Em junho de 2020 o Bolsa Família não estava conseguindo atender todas as famílias que estavam no estado de miséria.

O auxílio também é direcionado aos pobres, aqueles que vivem com uma renda de até R$ 178. Porém, os miseráveis deveriam ter sido atendidos antes daqueles que se enquadram na categoria pobre, pois deveriam ter prioridade.

Publicidade

Publicidade

Todavia, o governo não divulgou quantas famílias de cada categoria são beneficiadas e como foi feita a distribuição dos pagamentos.

Quando será pago o Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil começou a ser pago a todos que conseguiram se inscrever nele no dia 17 de 2021. Os cidadãos contarão com a quantia média de R$ 217 ao mês. A promessa é que o valor chegue em R$400, porém, isso ainda depende de algumas medidas do governo para começar a valer.

Como solicitar o benefício?

Ademais, para pedir o Auxílio Brasil, a família deve estar cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, também conhecido como CadÚnico.

Para conseguir se cadastrar no CadÚnico um representante da família deve se direcionar ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) com documentos de todos os integrantes da família em mãos e seguir as devidas orientações passadas pelos funcionários.

Entretanto, o cadastramento não é feito pela internet – é importante ressaltar.

Por fim, caso a família já possua CadÚnico e/ou já receba o Bolsa Família, a integração ao Auxílio Brasil é automática.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário