56% das empresas brasileiras usam maquininhas de cartão: conheça as mais populares

A utilização de máquinas de cartão de crédito é cada vez mais notória nos grandes e pequenos comércios e empresas.

Diversos modelos de máquinas de cartão de crédito estão disponíveis no mercado
Diversos modelos de máquinas de cartão de crédito estão disponíveis no mercado

Uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, entre fevereiro e março deste ano apontou que houve aumento de 17% em cinco anos no volume de empresários que utilizam as maquininhas de cartão.

Publicidade

Publicidade

A pesquisa ouviu aproximadamente 3.520 entrevistados e observou que em 2016 a porcentagem era de 39% e em 2021 saltou para 56%.

Vantagens

De acordo com as pessoas que participaram da pesquisa a “satisfação dos clientes”, bem como o “aumento das vendas” são pontos positivos e, provavelmente, contribuíram para a ampliação do recurso.

Ao optar por essa modalidade de pagamento e recebimento, os empreendedores também consideram o fator “segurança”, uma vez que não precisam armazenar o dinheiro em caixa.

Publicidade

Publicidade

A maquininha também assegura a redução de inadimplência e contribui para o controle do caixa e o aumento do faturamento, pois 52 milhões de pessoas usam cartão de crédito de acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito.

Diante da alta demanda e possíveis imprevistos técnicos com as máquinas de cartão de crédito, os proprietários de pequenos negócios costumam ter mais de um aparelho à disposição.

A pesquisa inicial apontou que em 2016 apenas 27% dos micro empresários utilizavam mais de um equipamento, já este ano a porcentagem foi para 41%.

Desvantagens

Apesar dos dados até então apresentados, a pesquisa também mostra algumas desvantagens mencionadas pelos entrevistados em relação a utilização das máquinas de cartão.

Um dos principais pontos negativos é que 1/3 prefere aplicar outras formas de pagamento, pois alegam baixo volume de vendas.

Além disso, 81% dos participantes afirmaram que o meio de pagamento que apresenta maior custo é o cartão de crédito.

Publicidade

Publicidade

Outro ponto crucial para a visão negativa de 45% dos entrevistados perante o equipamento é o alto custo de manutenção.

Apesar de 14% apontarem que as maquininhas apresentam problemas técnicos, cerca de 45% reclamaram da conexão com a internet e 73% não estão satisfeitos com as taxas de serviços empregadas.

Modelos

Dados obtidos com a pesquisa também mostraram que antes de comprar as máquinas de cartão três a cada quatro entrevistados compararam os modelos entre fornecedores para analisar o serviço e a taxa, sendo o diferencial de até 76%.

Até 2016 a Cielo dominava o mercado com 51% dos equipamentos presentes nos estabelecimentos. Atualmente, apenas 19% das maquininhas utilizadas são da marca, contra 35% de outras empresas.

Publicidade

Também foi possível notar que 51% dos entrevistados não sabia que é possível praticar preços diferentes conforme a forma de pagamento desejada, ou seja, dinheiro, cartão de débito, crédito ou boleto bancário. Até 2018 esse índice era de 54%.

Publicidade

De acordo com a Mobile Transaction, especialista em análises e comparações, bem como novidades e estatísticas do setor de maquininhas, as listas a seguir representam os modelos mais recomendados para o mercado. Veja:

Top Máquinas com CHIP sem celular

  • Moderninha Plus;
  • SumUp On;
  • Minizinha Chip 2.

Top Máquinas mais baratas para celular

  • SumUp Top;
  • Minizinha NFC;
  • Stone Ton T1.

Top Máquinas que imprimem recibo

  • SumUp Total;
  • Stone Ton T3;
  • Moderninha ProFit.

Além de indicar as melhores máquinas de cartão para o mercado, a Mobile Transaction também aponta quais oferecem melhores condições de taxa. Acompanhe:

SumUp

  • Melhor débito;
  • Melhor parcelamento antecipado;
  • Melhor parcelamento para saldo mensal;
  • Melhor crédito à vista antecipado;
  • 3º Melhor crédito à vista 30 dias.

Stone Ton

  • Melhor crédito à vista 30 dias;
  • 2º Melhor crédito à vista antecipado;
  • 2º Melhor parcelamento 30 dias;
  • 2º Melhor parcelamento antecipado;
  • 3º Melhor débito.

Mercado Pago

  • Melhor parcelamento 30 dias;
  • 2º Melhor parcelamento antecipado;
  • 2º Melhor crédito à vista 30 dias;
  • 3º Melhor crédito à vista antecipado;
  • 3º Melhor débito.

Zettle

  • 2º Melhor débito;
  • 2º Melhor parcelamento antecipado.

PagSeguro

  • 3º Melhor parcelamento 30 dias;
  • 3º Melhor parcelamento antecipado.

Rede Pop

  • 3º Melhor débito;
  • 3º Melhor parcelamento antecipado.

Com base na pesquisa apresentada e nas análises do Mobile Transaction é possível constatar que a decisão pelo melhor aparelho varia de acordo com as necessidades e preferências do estabelecimento e de seus clientes.

Publicidade

Publicidade

Fontes: Mobile Transaction, Mobile Transaction e Administradores.

Julia é formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e, no momento, atua como redatora para o portal NoDetalhe. Ao longo da carreira, a jornalista tem se especializado em produção de conteúdo otimizado para motores de busca e conversão, além de gerenciamento de mídias sociais e marketing digital.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário