Mauro Fernandes lamenta desfalques, mas vê Central no caminho certo no Campeonato Pernambucano

0

Desfalcado, o Central viajou para Paulista, onde nesta quarta-feira (07), encara o América pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano e busca manter a sua invencibilidade na competição. O time de Mauro Fernandes não poderá contar com trio importantíssimo na boa campanha no estadual: o capitão Eduardo Erê, tomou o terceiro amarelo, o volante Graxa e o meia Júnior Lemos, lesionados, também estão fora de combate.

Sendo assim, a Patativa virá com mudanças num dos setores mais consistentes da equipe, Idevam, Paulinho Curuá e Matheus Issa ganharão a oportunidade e a chance de brigar por uma vaga no time titular.

Em entrevista ao Portal No Detalhe, o técnico Mauro Fernandes frisou a dificuldade do duelo no Ademir Cunha, e refutou que a goleada sofrida pelo time americano na rodada passada para o Vitória por 5 a 2, pode contribuir com instabilidade do adversário neste noite.

“Mais um jogo difícil pra nós nessa caminhada, é um jogo que nos temos que ter inteligência, sabedoria, até porque a equipe do América, já mostrou dentro da competição que é forte, o resultado da rodada passada pra nós não significa nada, até porque a gente viu, uma parte do jogo, e vimos que foi uma partida muito equilibrada.

Com desfalques cruciais no que considera o pilar da equipe, Mauro lamentou a perca dos jogadores em função do Central ter que jogar com um novo estilo de jogo, já que no elenco  as peças que ele tem pra reposição têm características diferentes.

“Além de jogar contra o América, vamos ter a dificuldade do campo, mas principalmente da perca de três jogadores, que já vinham na equipe, praticamente jogando todas as partidas, o Erê, o Júnior Lemos e o Graxa nós perdemos três jogadores de uma vez só.

Mexe no padrão de jogo, porque são jogadores de características totalmente diferentes, nós não temos um jogador hoje que possa substituir o Júnior Lemos pela característica que ele tem, o Erê da mesma forma, é um atleta que tem um equilíbrio no setor de meio campo, e tem ajudado muito tanto o Graxa, como o Carioca jogar.

E o Graxa é um jogador importante porque é versátil, às vezes não aparece muito para torcida, mas todos os espaços, e todos os jogos nós tivemos uma performance muito boa no setor de meio-campo pelo que esses jogadores vêm apresentando, e você perde três jogadores de um setor só, isso acaba dificultando muito o padrão de jogo da equipe e é algo que me preocupa.”

Invicto na competição e com bom desempenho nos jogos teoricamente mais complicados na tabela, o comandante da Patativa se mostrou satisfeito e afirma estar num norte certo.

“Quando se joga contra Náutico, Santa Cruz e Sport, pela tradição desses times, que são vencedores no futebol de Pernambuco, você joga no espaço de 15 dias, três partidas contra eles e tira 5 pontos de 9 disputados, então é algo que realmente tem que enaltecer a equipe do Central, que joga de igual pra igual com qualquer equipe, e comprova que o Central está no caminho certo.”

Comentários