Média de mortes por covid-19 no Brasil atinge menor nível desde fevereiro

De acordo com dados divulgados pela Fundação Oswaldo Cruz, o Brasil atingiu ontem, 20, a menor média móvel de mortes diárias por Covid-19 desde fevereiro, chegando a 1.192 registros.

Os dados apontam ainda que houve queda de 23,5% nas mortes em relação a duas semanas antes e 42,2% se comparado a um mês atrás.

Publicidade

Publicidade

Apesar de queda número de mortes ainda é significativo

A recente média também se mostrou menor em comparação com o pico da pandemia, observado em 12 de abril deste ano, quando atingiu 3.124. 

No entanto, apesar do cenário atual, o número de mortes está acima do número mais alto observado no ano passado, quando atingiu.097 em 25 de julho.

Casos

A média móvel também apontou que o número de casos chegou a 38.206 ontem, sendo o menor registrado desde 6 de janeiro quando atingiu 36.376. 

Publicidade

Publicidade

Houve recuo de 21,7% em relação a 14 dias antes e 48,1% se comparado a um mês atrás.

Em ambos os casos a média móvel é de sete dias e é calculada pela Fiocruz por meio de registros obtidos no dia da avaliação em relação aos seis dias anteriores divididos por sete.

Estados

Em relação aos estados, até o último dia 19 a média de mortes era a seguinte:

Sul

  • PR: -7%;
  • RS: -28%;
  • SC: -25%.

Sudeste

  • ES: -33%;
  • MG: -27%;
  • RJ: -14%;
  • SP: -22%;

Centro-Oeste

  • DF: +13%;
  • GO: -11%;
  • MS: -37%;
  • MT: -24%.

Norte

  • AC: -45%;
  • AM: +12%;
  • AP: -46%;
  • PA: -21%;
  • RO: -69%;
  • RR: +20%;
  • TO: +16%.

Nordeste

  • AL: -15%;
  • BA: -20%;
  • CE: -24%;
  • MA: -34%;
  • PB: -44%;
  • PE: -33%;
  • PI: -35%;
  • RN: -6%;
  • SE: -52%.

É importante ressaltar que o baixo número médio de óbitos em alguns estados pode sofrer variações percentuais. 

Vacinação

O estado de São Paulo foi o primeiro a atingir 50% da população vacinada com a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus.

A porcentagem é refletida em 23,4 milhões de pessoas, de acordo com o consórcio de veículos de imprensa do último dia 19.

Publicidade

Publicidade

Em todo o país, cerca de 42,51% da população está parcialmente imunizada com pelo menos uma dose, totalizando 90.026.281 pessoas.

Apenas 16,22% da população total está totalmente imunizada com a segunda dose ou com dose única.

Do dia 19 para 21 cerca de 1.083.286 pessoas receberam a primeira dose, enquanto 444.090 receberam a segunda dose e 67.837 receberam a dose única.

Desde o início da vacinação, em 17 de janeiro, foram aplicadas aproximadamente 124.382.128 doses de vacinas, consideradas primeiras e as segundas doses, além das doses únicas.

Calendário

Publicidade

Os calendários de vacinação dos estados foram formulados pelos respectivos governos estaduais. Sendo assim, o processo de imunização é diferente para cada região do país.

Publicidade

Apesar das diferenças, alguns critérios de vacinação são comuns, como a priorização de pessoas que compõem grupos de risco, entre eles os idosos e pessoas com comorbidades.

Além disso, a distribuição das vacinas também não é feita de forma proporcional, pois faltam doses em algumas regiões e o processo de imunização é constantemente paralisado.

Consórcio

Apesar de o Ministério da Saúde atuar como órgão responsável pelo combate ao novo coronavírus, o governo federal não é a fonte natural dos dados relacionados ao processo de imunização, pois as atitudes autoritárias do presidente colocam em dúvida a disponibilidade e precisão das informações.

Publicidade

Publicidade

Sendo assim, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra desenvolveram um consórcio para atuar em conjunto e coletar as informações necessárias com as secretarias estaduais de saúde.

Fontes: Agência Brasil e G1.

Felipe Calbo
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo atuante na chamada "massa de mídias", trazendo mais um braço da pluralidade de opinião em detrimento do mito da imparcialidade.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário