Descubra como abrir um MEI em 2022

Quem pode e o que é preciso para abrir um MEI em 2022. Saiba como se tornar um microempreendedor individual!

A pessoa que deseja começar o próprio negócio tem a possibilidade de se tornar Microempreendedor Individual (MEI), pois esta é a modalidade mais simples de empreendimento atualmente.

Além de poder formalizar o microempreendimento individual, a pessoa que cria um MEI também tem acesso a alguns benefícios.

Publicidade

Publicidade

Nesta matéria do NoDetalhe, você fica sabendo quem pode se tornar MEI em 2022, o que é preciso fazer para abrir um MEI e quais taxas precisam ser pagas. Confira!

Quem pode ser MEI em 2022?

Descubra como abrir uma MEI em 2022
Quem pode e o que é preciso para abrir um MEI em 2022. Saiba como se tornar um microempreendedor individual! (Imagem: Pexels/Divulgação)

Uma das exigências para abrir um MEI é ter rendimento anual de no máximo R$ 81.000,00. Ao mês, o rendimento bruto máximo é de R$ 6.750,00. A pessoa que abre um MEI não pode possuir vínculo com outra empresa, seja como funcionária, sócia ou até mesmo titular de outra empresa. Também temos que ressaltar que o limite máximo de funcionários para quem quer se tornar MEI é de um funcionário.

Para criar uma MEI, o trabalhador individual deve possuir:

Publicidade

Publicidade

  • CPF;
  • Título de eleitor,
  • CEP residencial e do local onde a atividade será exercida (em caso de comércio ou indústria, é preciso verificar junto à prefeitura local se o negócio pode ser exercido no endereço escolhido);
  • Número das duas últimas declarações do Imposto de Renda;
  • Número de celular ativo.

É certo que, com a pandemia, muitas pessoas precisaram pensar formas para manter uma renda e sobreviver. Em meio a esse cenário, o microempreendimento acabou ganhando destaque. Se você possuir todos os itens mencionados anteriormente e estiver considerando estruturar seu próprio negócio, saiba que é possível solicitar a abertura do seu MEI de forma totalmente digital em 2022.

O que preciso fazer para abrir uma MEI?

Quem deseja formalizar o microempreendimento que realiza deve seguir os seguintes passos:

  1. Acessar o Portal de Serviços, logado na própria conta no site do Governo Federal (para aqueles que ainda não possuem senha, deve-se fazer primeiro o cadastro, nesse caso).
  2. Com a senha em mãos, acessar o Portal do Empreendedor.
  3. Clicar em “Quem pode ser MEI?”, para verificar se a atividade exercida é realmente considerada MEI.
  4. Após se certificar de que a atividade exercida é considerada MEI, selecionar a opção “Formalize-se”.
  5. Por fim, basta preencher os campos do cadastro com dados pessoais e também com informações que tenham relação com a atividade que é ou será exercida.

Como já mencionamos anteriormente, todo o processo de abertura do MEI se dá de forma virtual. Sendo assim, a pessoa que deseja formalizar seu trabalho individual não deve se preocupar em se deslocar para qualquer endereço físico.

Quais são as taxas para ser MEI?

Assim como tem benefícios, o MEI também tem obrigações. A partir do momento em que uma pessoa se torna Microempreendedor Individual, esta fica obrigada a pagar mensalmente uma taxa que depende da atividade que ele exerce em seu microempreendimento.

  • Comércio ou indústria: R$ 56
  • Prestação de serviços: R$ 60
  • Comércio e serviços juntos: R$ 61

A responsável pelo recolhimento desta taxa é o Documento de Arrecadação Simplificada do MEI (DAS-MEI). Ao fazer a contribuição mensalmente, o MEI tem acesso aos seguintes direitos e vantagens:

  • Auxílio-maternidade;
  • Aposentadoria;
  • Afastamento remunerado por problemas de saúde;
  • Sendo MEI, você é enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL);
  • Com CNPJ, é possível abrir conta em banco e ter acesso a crédito com juros mais baratos, além de também ser possível ter endereço fixo para facilitar a conquista de novos clientes;
  • Conta com cobertura da Previdência Social para você e sua família. Conta também com o apoio técnico do Sebrae para aprender a negociar e obter preços e condições nas compras de mercadorias para revenda, obter melhor prazo junto aos atacadistas e melhor margem de lucro.

Se você tem um microempreendimento individual, pode ser uma boa hora para considerar fazer a abertura de um MEI.

Publicidade

Publicidade

Veja também: Prazo para negociar dívida do FIES é estipulado pelo governo; desconto pode chegar até 92%

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais. Adora sentir que está fora da própria bolha.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário