MEI 2021: Quais são as principais mudanças para o ano?

O MEI pode vir com mudanças para 2021. Certas ocupações haviam sido excluídas do rol de profissões permitidas, mas essa determinação foi revogada recentemente!

O SEBRAE conta com uma lista atualizada das ocupações que não são permitidas como MEI, por isso sempre que você estiver com dúvidas, basta acessar a página!





Entre as mudanças no MEI em 2021 que precisa de destaque está o valor da contribuição mensal que o Microempreendedor Individual precisa pagar à Receita Federal. Os profissionais que fazem parte do regime podem pagar os impostos através do DAS.

pessoa trabalhando home office

Aumento do INSS no MEI

Uma das mudanças no MEI em 2021 é o aumento do valor de contribuição do INSS para os empreendedores que fazem parte do regime. Desde o dia 1 de fevereiro, os microempreendedores individuais passaram a contribuir um pouco mais todos os meses. 

O reajuste foi feito devido ao novo salário mínimo, que passou a valer R$ 1.100 em janeiro deste ano. Anteriormente, o MEI pagava R$ 52,25 por mês ao Instituto Nacional do Seguro Social. Mas como o INSS aumentou o valor de contribuição do MEI, o empreendedor deverá desembolsar R$ 55 mensais. 





Além disso, é preciso ficar atento, pois a cobrança do novo valor começa em março. O novo salário mínimo também alterou a tabela do Documento de Arrecadação do Simples Nacional do MEI (DAS MEI). Este tributo é referente à contribuição do INSS e aos impostos de cada categoria. A base para o cálculo da DAS é de 5% do salário mínimo em vigor.

Nova plataforma MEI

O MEI agora tem acesso a uma plataforma totalmente reformulada e apta a atender todas as necessidades do microempreendedor individual. Agora, o acesso é realizado pelo endereço gov.br/mei.

Confira os serviços disponíveis:

  • Abertura gratuita do MEI;
  • Emissão de guias mensais para pagamento;
  • Alteração de dados cadastrais da empresa;
  • Nota fiscal eletrônica;
  • Informações sobre Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI);
  • Informação sobre qualificação do MEI;
  • Informação sobre créditos;
  • Crédito emergencial devido à pandemia;
  • Informação sobre programas de incentivo ao empreendedor;
  • Atividades do MEI;
  • Legislação;
  • Estatísticas;
  • Parcerias;
  • Baixa do MEI.

Agora você já está por dentro das mudanças no MEI em 2021. Fique atento para manter todos os tributos em dia e garantir o bom funcionamento do seu negócios.

Para conferir a informação da revogação das ocupações que anteriormente haviam sido excluídas do MEI, acesse o link da Receita Federal.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS. Repórter, apresentadora, roteirista e redatora, com experiência em rádio, televisão e online.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário