O que o Open Banking muda para as micro e pequenas empresas

Você já ouviu falar de Open Banking? Pois saiba que ele chegou para reduzir custos, aumentar a transparência nas negociações, além de possibilitar mais opções de produtos e serviços financeiros. 

Todas essas possibilidades podem ajudar o sua micro ou pequena empresa a crescer com mais autonomia. Então, se você ficou interessado em saber mais sobre o tema, continue com a gente, pois vamos te explicar com mais detalhes como funciona a novidade do Banco Central.

Publicidade

Publicidade

open banking

O que é Open Banking e como ele funcionará?

O Open Banking nada mais é do que um conjunto de regras e tecnologias, que permitirá o compartilhamento de dados e serviços de clientes entre instituições financeiras. Este processo ocorre por meio da integração de sistemas. 

Em resumo, a novidade facilitará a vida dos micro e pequenos empreendedores, pois eles serão os donos dos próprios dados financeiros. Além disso, será possível escolher quando e com quais empresas eles compartilharão as informações.

Com o Open Banking, as empresas serão obrigadas a compartilhar informações de um cliente (tanto pessoa física quanto jurídica), caso seja solicitado, e autorizar a transmissão de dados para outra instituição.

Publicidade

Publicidade

A nova tecnologia do BC não é um aplicativo, mas funcionará por meio de aplicativos bancários já existentes, de acordo com a instituição em que o usuário possui conta. O objetivo principal do conjunto de regras é estimular a concorrência, a eficiência e oferecer novos produtos para o consumidor final.

No Brasil, será possível compartilhar os dados cadastrais utilizados para abrir uma conta em banco, por exemplo: 

  • Dados pessoais: CPF/CNPJ, telefone, endereço, etc;
  • Dados transacionais: informações sobre renda, faturamento de empresas, perfil de consumo, capacidade de compra, conta corrente, etc;
  • Dados sobre produtos e serviços que o cliente usa: informações sobre empréstimos pessoais, financiamentos, etc.

Lembrando: todos os dados só serão compartilhados com o consentimento do usuário. O novo sistema começa a funcionar a partir do dia 15 de julho, mas a liberação para todo os país vai ocorrer gradualmente ao longo de 2021.

Instituições participantes do Open Banking

Para fazer parte do Open Banking no Brasil, as instituições financeiras deverão, obrigatoriamente, funcionar sob algum tipo de regulação oficial do Banco Central. 

As instituições classificadas como S1 (que têm porte igual ou superior a 10% do PIB e atividade internacional relevante) e S2 (com porte de 1% a 10% do PIB) são obrigadas a participar. Entre elas, estão: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú, Santander, BNDES, Citibank, Credit Suisse, etc.

Mas há instituições que terão adesão voluntária ao novo ecossistema, como Pic Pay, Mercado Pago, Nubank, etc. Todas as empresas que aderirem ao novo conjunto de regras terão direito a receber dados de seus concorrentes, mas também serão obrigadas a fornecer os dados das suas bases quando houver consentimento dos clientes.

Benefícios do Open Banking

Publicidade

Publicidade

Entre os benefícios do Open Banking está a democratização dos produtos financeiros, como os empréstimos, por exemplo. Dessa forma, os bancos, fintechs e instituições de pagamento poderão compartilhar informações entre eles e o cliente poderá escolher qual instituição financeira tem as melhores condições para os serviços desejados.

A novidade vai priorizar a experiência do cliente, a diversidade e a representatividade de seus participantes. Tudo isso influenciará positivamente as micro e pequenas empresas, trazendo maior flexibilidade, transparência e menos burocracia às negociações.

*Com informações de InfoMoney.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS. Repórter, apresentadora, roteirista e redatora, com experiência em rádio, televisão e online.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário