Pagamentos via Whatsapp: Aplicativo pode começar a receber e enviar dinheiro em 2021

A plataforma de mensagens instantâneas reconheceu conversas com o Banco Central para lançar seu projeto de pagamentos via Whatsapp. 

Em comunicado enviado para o Portal G1, a empresa informa que pretende iniciar os trabalhos o mais rápido possível. 

O WhatsApp está conversando regularmente com o Banco Central para ter a aprovação como iniciador de pagamentos para transferências entre pessoas. Também tem trabalhado para restaurar os pagamentos no WhatsApp para todos no Brasil o mais rápido possível, informou a companhia. 

Obtendo as liberações, o Brasil seria um dos primeiros países a receber a nova funcionalidade, permitindo transferências financeiras entre pessoas. 

Entretanto, o WhatsApp encontra certa resistência. Isso porque o Banco Central e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) restringiram a utilidade do aplicativo de mensagens.

A alegação é de que ainda há necessidade de analisar riscos concorrenciais e certificar que haveria um funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Pagamentos via Whatsapp: Aplicativo pode começar a receber e enviar dinheiro em 2021. Entenda como isso funcionará!

Como funcionam os pagamentos via WhatsApp e iniciador de pagamentos

Aproveitando o sucesso do Pix, que já é o líder de transferências no país, o chamado iniciador de pagamento, que permitiria pagamentos via Whatsapp, será mais um facilitador do mercado financeiro. 

Na prática, ele atua como intermediário entre os bancos e os consumidores.

A empresa que oferece o serviço de iniciador de pagamento, pode indicar para a instituição financeira a qual o cliente tem conta, que o consumidor deseja fazer determinado pagamento. 

O cliente não precisaria entrar no seu banco e realizar uma transferência, por exemplo, já que o iniciador assumiria esta função.

Trâmites para liberação do serviço

No último ano, o Banco Central chegou a dizer que a medida permitiria a ampliação da abrangência do open banking. 

Outro ponto positivo rumo a aprovação é que empresas que prestarem serviço apenas nesta modalidade, poderão ter um processo de autorização de funcionamento mais rápido.

Porém, o projeto de pagamentos via WhatsApp ainda está em negociação e não tem data para entrar em funcionamento. A expectativa é que inicie no segundo semestre de 2021.

Amanda Lino
Jornalista com mais de 7 anos de experiência em redações de rádio, TV e internet. Além de colaboradora da Webgo Content, Amanda também é host do podcast Me Empresta Seus Óculos, que trata sobre cotidiano.

Deixe seu comentário