Passo a Passo para cadastro no Auxílio Brasil para quem não está inscrito

Os pagamentos do Auxílio Brasil já começaram, e como em breve novas famílias começarão a ser selecionadas para o programa, é importante conhecer os passos para o cadastro na iniciativa.

Neste primeiro mês de pagamento, apenas os beneficiários do Bolsa Família têm direito ao novo benefício. Entretanto, o governo afirma que até dezembro irá incluir candidatos habilitados no Auxílio Brasil.

Publicidade

Publicidade

Segundo o Ministério da Cidadania, o número de famílias atendidas deve passar de cerca de 14,6 milhões para 17 milhões, assim como o valor do benefício conta com um reajuste de 17,8%. No caso das famílias que ainda não fazem parte do Auxílio Brasil, veja a seguir quais são os passos para se inscrever.

cadastro auxílio brasil
Confira os passos necessários para se cadastrar no Auxílio Brasil. Foto: Luís Lima Jr./Fotoarena

Como fazer cadastro no Auxílio Brasil?

De acordo com o governo, novos beneficiários serão incluídos no Auxílio Brasil mensalmente. Mas esta seleção de famílias será feita pelo próprio governo, e para ter chances de participar do programa é preciso seguir os passos abaixo:

  1. Ter um cadastro atualizado no CadÚnico – o governo irá selecionar beneficiários de acordo com os dados do CadÚnico, portanto, a inscrição no sistema é obrigatória. Além disso, é preciso que o cadastro da família esteja atualizado, e fazer parte do sistema não garante participação no Auxílio Brasil. Veja aqui como atualizar ou se inscrever no CadÚnico;
  2. Atender aos critérios do programa – na inscrição no CadÚnico, as famílias devem atender aos critérios do Auxílio Brasil, que preveem renda mensal de no máximo R$ 200 por pessoa, além de outras regras. Para mais detalhes sobre os critérios do Auxílio Brasil, basta conferir nosso texto explicando sobre;
  3. Checar os benefícios disponíveis – o Auxílio Brasil inclui uma série de outros benefícios, cada um com valor e critérios específicos. Sendo assim, é importante conhecer todos estes benefícios para saber qual é o mais apropriado para o seu caso;
  4. Aguardar – não tem jeito, mesmo que a família cumpra todos os requisitos do Auxílio Brasil, ela terá que esperar até ser selecionada para o programa. Por isso, após garantir que a inscrição no CadÚnico comprove que sua família tenha direito ao benefício, fique atento às atualizações por parte do governo.

As consultas sobre disponibilidade e valor das parcelas do Auxílio Brasil já estão disponíveis no aplicativo do próprio programa ou do Caixa Tem. Além disso, também é possível fazer essa consulta pela Central 111, informando o CPF e o NIS. Em caso de dúvidas, acesse o site do Auxílio Brasil.

Publicidade

Publicidade

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário