Como dar entrada no seguro-desemprego? Passo a Passo

Caso você tenha sido demitido de seu emprego sem justa causa, é seu direito solicitar um amparo financeiro temporário. No entanto, como conseguir isso? Como dar entrada no seguro-desemprego?

Pensando nisso, preparamos um passo a passo para esclarecer suas dúvidas a respeito desse benefício! Saiba mais a seguir.

Como dar entrada no seguro-desemprego online?

Como dar entrada no seguro desemprego

Devido à pandemia, mais de 1 milhão de trabalhadores perderam seus empregos no primeiro semestre de 2020.

Assim, diante disso aqueles que perderam o seu emprego, podem pedir o seguro-desemprego.

Dessa forma, a pessoa que não possui meios para conseguir renda, bem como tenha sido demitido sem justa causa, tem direito ao auxílio temporário.

Quanto a isso, é importante destacar que o benefício seguro-desemprego pode ser requisitado de 7 a 120 dias depois que o funcionário foi demitido.

Passo a passo do seguro-desemprego

Antes de tudo, com a finalidade de facilitar o processo, é preciso que tenha em mãos os seguintes documentos:

  • Carteira de identidade (RG);
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Requerimento do seguro-desemprego — documento requerido à empresa.

Com esses documentos organizados, procure um dispositivo eletrônico que tenha acesso à internet e acesse o site Gov.br, procurando a parte que se refere ao benefício.

Após isso, se não tiver um cadastro ativo, clique em “solicitar” e crie um.

Assim que concluir o preenchimento dos respectivos campos com os seus dados, no menu que aparecer, selecione a opção “Seguro-Desemprego” e em seguida, escolha a opção para fazer sua solicitação.

É nesse momento que vai ser necessário informar o requerimento — sequência numérica contendo dez dígitos, e se encontra na parte superior do formulário que o empregador disponibilizou.

Depois de ter feitos essas etapas, vaia aparecer um documento. Leia-o com muita atenção para verificar se as informações presentes estão corretas.

Enfim, você acabou de finalizar a solicitação. Nessa mesma plataforma, torna-se possível fazer o acompanhamento do pedido.

Se todos os dados informados estiverem corretos, o indivíduo vai conseguir receber o benefício em até 30 dias.

O valor do seguro-desemprego é calculado tendo como base o salário mínimo (R$ 1.100).

Assim, o valor das parcelas do desse benefício pode chegar no máximo a R$ 1.911,84.

O indivíduo pode utilizar o aplicativo “Carteira de Trabalho Digital” para solicitar o seguro-desemprego — app disponível para smartphones com sistema Android ou iOS.

De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, caso ocorra algum problema, é recomendável utilizar o site no qual é possível relatar a dificuldade que está enfrentando.

Quem tem direito ao seguro-desemprego?

Para dar início à solicitação desse auxílio temporário, é necessário saber se você tem direito a ele.

Por isso, seguem alguns critérios que a pessoa precisa se adequar:

  • Demissão sem haver motivo;
  • Tempo de trabalho;
  • Não estar trabalhando de carteira assinada no momento em que for requerer o benefício;
  • Não estar recebendo benefícios advindos da Previdência Social — exceção ao Auxílio Acidente ou à Pensão por Morte;
  • Apresentar inexistência de renda própria para o seu sustento, bem como a de sua família;
  • Demonstrar que recebeu salário de seu último emprego sob as seguintes circunstâncias:
    • 1ª solicitação: cerca de 12 meses dos últimos 18 meses anteriores à data da dispensa;
    • 2ª solicitação: cerca de 9 meses nos últimos 12 meses imediatamente anteriores à data de dispensa, quando da segunda solicitação;
    • 3ª solicitação: em vista das demais solicitações, apresentar cada um dos 6 meses imediatamente anteriores à data de dispensa.

No caso de trabalhador rural, é preciso que o solicitante tenha 15 meses de carteira assinada no período referente aos últimos 2 anos.

Além disso, ele não pode estar associado à participação nos lucros que a empresa tem.

Paulo Victor Silva
Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante de leitura e apaixonado por música.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário