Pastores da Universal recebem auxílio emergencial indevidamente

Os pastores da Igreja Universal do Reino de Deus estão sendo alvos de uma investigação dentro da instituição, visto que receberam o auxílio emergencial do Governo de maneira irregular.

Conforme reportagem do UOL, da qual teve acesso aos nomes de vários dos pastores relacionados, são precisamente 69 religiosos que estão envolvidos.

Publicidade

Publicidade

Veja abaixo mais sobre a reportagem e mantenha-se atualizado.

Pastores da Universal recebem auxílio emergencial indevidamente

Pastores da Universal recebem auxílio emergencial indevidamente
Pastores da Universal recebem auxílio emergencial indevidamente. Foto: Reprodução/Yahoo Finanças.

Esses religiosos citados anteriormente, disseram que foram orientados pela direção da igreja para que pedissem o benefício, comunicando assim a esta instituição para que esse valor fosse descontado diretamente de seus salários.

Os pastores da instituição, não possuem registro em carteira, além disso, não possuem contrato de trabalho.

Publicidade

Publicidade

Caso não declarem renda, o governo não possui a informação precisa sobre seus vencimentos. Ao se fornecer informações falsas para conseguir receber o auxílio, isso é configurado como prática de crimes de falsidade ideológica e também de estelionato.

Conforme a própria Universal diz, se faz a avaliação dos pastores dos quais realizam o crime em questão, conforme apuração realizada pela UOL, porém, acaba responsabilizando os mesmos pelos seus atos.

Isso tudo é mais comprovado ainda conforme um áudio do qual está circulando nas redes sociais, do qual é de autoria do bispo Renato Cardoso, genro de Edir Macedo, sendo assim, o segundo nome dentro da hierarquia da instituição.

A reportagem em questão, enviou via e-mail, cerca de 18 perguntas para Universal, sendo que como resposta, a igreja disse que: “não comenta assuntos internos pela Imprensa”.

Enquanto isso, a assessoria de comunicação afirmou que a Universal dará a informação do que fará diante das devidas medidas judiciais, para assim, conseguir corrigir qualquer tipo de informação caluniosa ou difamatória da instituição e de seus oficiais, das quais o portal venha a publicar.

O Ministério da Cidadania deu a informação de que de início, não há nenhum impedimento dos pastores de receberem o auxílio emergencial, desde que estejam dentro dos critérios de elegibilidade que foram criados pelas leis, das quais gerenciam o pagamento desse benefício.

Publicidade

Publicidade

Conforme o ministério, há a previsão de demais sanções quando for constatado o pagamento não correto, podendo chegar até mesmo a cinco anos de cadeia.

Posicionamento da Igreja

Conforme dito pelo genro de Macedo, providências estão sendo tomadas:

Mais cinco pessoas saíram da obra…(…) Pessoas vão sair, distorcendo tudo, ao contrário do que ouviram. Pessoas como essas, graças a Deus, a igreja está limpando. A igreja está tomando as providências necessárias judiciais, inclusive em casos em que há indícios de crime contra a igreja, contra o povo da igreja. Estaremos denunciando, fazendo a denúncia-crime”, foi  anunciado por Cardoso, devido a gravação atribuída a ele.

O áudio, do qual foi divulgado por meio do Instagram do ex-pastor da Universal, Davi Vieira, teria vazado por meio de uma reunião de pastores, há mais ou menos 15 dias.

A Universal não realizou o reconhecimento da veracidade da gravação. Os religiosos e profissionais da comunicação dos quais conviveram com Cardoso na igreja e também na TV Record, porém, dizem que não possuem dúvidas de que a voz ali é do mesmo.

Publicidade

A rede Uol teve acesso a outros dois áudios dos quais foram atribuídos aos líderes da igreja. Os religiosos recomendaram que fosse avisado o departamento de pastores sobre o recebimento desse benefício.

Publicidade

Por meio de uma dessas gravações é possível ouvir o pedido de um recibo. O primeiro áudio é de abril do ano passado, logo no começo da pandemia do coronavírus, sendo que quem foi o autor da recomendação não foi identificado.

O outro áudio, do qual está exibido na reportagem no dia 15, está atribuído diretamente ao pastor Alexandre Souza, do qual é apontado como um dos principais responsáveis pela Universal localizada no Distrito Federal.

A reportagem em questão também teve acesso a uma lista de vários pastores de Brasília, dos quais estão considerados como aptos, conforme os líderes da igreja, a receberem esse auxílio, visto que se enquadrariam dentro dos requisitos que são exigidos pelo Governo.

Publicidade

Publicidade

Por meio de um grupo do WhatsApp, os coordenadores das regiões informaram os nomes de pastores dos quais já tinham sido aprovados para receber esse benefício.

No áudio dessa reunião dos pastores, o bispo Renato Cardoso se mostrou implacável diante de seus subordinados.

Para o mesmo, os religiosos que tiveram o recebimento desse auxílio burlaram sim o Fisco, cometendo crimes e podem até mesmo serem presos.

Fonte: Uol e IG.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

1 comentário

  • Engraçado todo mundo pegou auxílio sem prescisa sim sei q ta errado mas porq q nao teve todo esse ibope , eu sei porq simplesmente porq se trata da igreja I.U.R.D Só por isso jornais sites não cansam de perseguir a igreja pela mor de Deus sei o pastor Renato Cardoso e os demais vão tirar isso de letra porq o q Deus construí ninguém destrói… vai lá preucura outras coisas pra passa informação limpas eu heim não acho pecado nenhum os pastores de qualquer igreja pegar auxílio até porq eles muitos não tem ganho faz por amor a Deus … minha opniao

Deixe seu comentário