PicPay: App poderá ser usado para pagar taxas, contribuições e multas federais

Os usuários do PicPay agora podem usar o aplicativo para pagar taxas, contribuições e multas federais usando a função de crédito.

A novidade é fruto da integração do PicPay com o PagTesouro, uma plataforma do Banco Central (BC) que substitui a Guia de Recolhimento da União (GRU) que está sendo testada desde 2019.





Em 2020 o BC anunciou a primeira integração do PagTesouro, realizada com a plataforma de pagamentos do Mercado Livre, o Mercado Pago. No mesmo ano, o PagTesouro também passou a aceitar pagamentos por meio do PIX.

Confira também:

aplicativo PicPay

O que pode pagar com o PagTesouro?

Entre os documentos que o cidadão pode pagar usando a tecnologia do PagSeguro estão:





  • Multas de trânsito;
  • Multas federais;
  • Multas ambientais;
  • Registros de patentes;
  • Taxas de importação de produtos;
  • Certificados;
  • Ingressos para parques nacionais;
  • Multas eleitorais;
  • Inscrições para cursos;
  • Inscrições para concursos;
  • Entre outras taxas, multas e contribuições de autarquias públicas.

No momento, pode-se pagar guias das seguintes instituições:

  • Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi);
  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE);
  • Secretaria de Pesca e Aquicultura;
  • Departamento da Polícia Rodoviária Federal (DPRF);
  • Agência Nacional de Aviação Civil (Anac);
  • Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa);
  • Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA);
  • Fundo do Serviço Militar;
  • Fundo do Exército;
  • Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro);
  • Fundação Alexandre Gusmão;
  • Jardim Botânico do Rio de Janeiro;
  • Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT);
  • Comando da Aeronáutica;
  • Comando do Exército.

Como funciona o PagTesouro?

PagTesouro

O PagTesouro é uma iniciativa do BC com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

A ideia do projeto é facilitar a quitação dos boletos emitidos por instituições estatais ao permitir o pagamento usando débito instantâneo e cartão de crédito.

“É um avanço bastante significativo para a vida das pessoas. Um processo em construção que tende a ser ampliado. É muito importante avançar no contexto tecnológico e desburocratizar a economia“, comenta o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal.

Os bancos digitais e aplicativos que aderem ao serviço – como é o caso do PicPay – se tornam aptos a compensar o pagamento imediatamente.

O PagTesouro funciona 24 horas por dia, durante os sete dias da semana. Assim, basta o usuário fazer  pagamento do boleto normalmente usando o método de sua preferência.

No caso do PicPay não é cobrado taxas para pagamento destes tipos de boletos emitidos por autarquias públicas no débito, PIX ou cartão de crédito – apesar de até o momento só estar apto para fazer pagamentos no cartão de crédito. Entretanto, outros bancos e administradoras podem cobrar tarifas ao contribuinte caso opte pelo pagamento no crédito.





Confira também:

Como pagar pelo PagTesouro usando o PicPay

  1. Quando estiver na plataforma do PagTesouro, escolha o PicPay como forma de pagamento;
  2. Neste momento, será gerado uma QR Code. Use o aplicativo para fazer a leitura e o app abrirá automaticamente;
  3. Abra o PicPay, toque no ícone de QR Code que aparece no canto de cima da tela de início e faça a leitura;
  4. Escolha a forma de pagamento, podendo optar por cartão de débito, crédito com parcelamento em até 1x ou PIX;
  5. Em seguida, toque em “Pagar” e informe a sua senha para concluir o pagamento.

Sobre o PicPay

O PicPay é um aplicativo brasileiro de pagamentos lançado em 2012 e que tem cadastrado mais de 50 milhões de usuários no país, sendo 38,8 milhões deles ativos. O número de adesão é superior as fintechs como Nubank e Santender Brasil.

Por meio da plataforma o usuário pode usar a carteira eletrônica para fazer pagamentos à vista ou parcelados para estabelecimentos e contatos.

A principal vantagem do aplicativo é que ele não cobra taxas de juros ou anuidades, se tornando uma plataforma ideal para vaquinhas.



Outro benefício oferecido pelo serviço é o cashback em compras realizadas em estabelecimentos comerciais parceiros. Assim, os usuários que gastarem em determinados locais podem receber parte do dinheiro de volta.



A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) impulsionou o crescimento do PicPay, que usou uma forte estratégia de marketing no Big Brother Brasil que atraiu novos clientes.

A expectativa dos criadores do aplicativo é que o crescimento acelerado facilite os lucros da marca, que ainda opera no vermelho. Desde que recebeu liberação para atuar como instituição de pagamento, em 2013, a empresa teve um prejuízo total de R$ 275 milhões.

Fonte: O Dia

Avatar
Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e pós-graduanda em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário