Pis/Pasep: Trabalhadores receberão dois saques em 2022 – Entenda mais

Todos os anos é comum ouvirmos falar sobre o PIS/PASEP, que é um benefício aplicado para os trabalhadores brasileiros, sendo liberado anualmente para categorias específicas.

Está curioso para saber quais serão as datas de envio dos dois saques disponíveis no ano de 2022? Veja aqui quais são eles, quem pode fazer, quais são as formas de obter o seu e muito mais.

Publicidade

Publicidade

Continue lendo e fique por dentro de como funciona todo o procedimento.

PIS/PASEP: Trabalhadores que recebem dois saques em 2022

PIS/PASEP: Trabalhadores que recebem dois saques em 2022

O calendário de pagamentos referente ao abono salarial, seja do PIS/PASEP, começou em julho, sendo referente para aqueles que trabalharam pelo tempo mínimo de 30 dias de CLT, ou seja, de carteira assinada durante o ano de 2020, sendo assim, adiado para o ano que vem.

Essa decisão da suspensão dos pagamentos que seriam feitos nesse ano aconteceu depois de uma reunião realizada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador – Codefat. Esse encontro teve o apoio de vários representantes de empresas e de seus respectivos trabalhadores.

Publicidade

Publicidade

Essa decisão não foi muito agradável para com os empresários, visto que pode acabar sendo algo vantajoso para o ano que vem, por meio da unificação do pagamento de dois anos do abono salarial em apenas um ano.

Pagamento do PIS/PASEP no ano de 2022

Essa concessão dos pagamentos do abono salarial não terá mudanças, dessa forma, o trabalhador do qual tenha executado atividade de carteira assinada pelo tempo mínimo de 30 dias no ano de 2022, tem direito ao recebimento do abono salarial durante o ano de 2022.

Da mesma forma como os trabalhadores que atuam pelo tempo menor que 30 dias de carteira assinada em 2021, que também possuem direito ao recebimento do abono salarial de 2022.

É interessante que você se lembre que o tempo do trabalhador no momento, é diferente ao da concessão do benefício, onde quem trabalhou apenas durante o ano de 2020, irá receber referente ao calendário com ano base de 2020, sendo que quem trabalhou apenas em 2021, vai receber apenas referente ao calendário do ano base de 2021.

Outro ponto que merece atenção é referente ao cálculo diferente, visto que o calendário deveria ter sido pago em 2021, além do outro no ano de 2022.

Dessa forma, para se ter acesso ao abono, o trabalhador precisa:

  • Ter recebido uma remuneração de no máximo de dois salários mínimos por mês durante o período em que esteve em exercício;
  • O trabalhador precisará estar inscrito no PIS por pelo menos cinco anos, assim como é necessário que a empresa esteja informando os dados do empregado corretamente ao governo.
Publicidade

Publicidade

Assim, é possível esperar por todo o processo e ter a certeza de que está dentro do previsto ter o seu abono salarial na data pré determinada.

Quanto de valor vou receber?

Visto que será feito o pagamento de dois valores que serão realizados em 2022, é preciso fazer a contabilização do tempo trabalhado em cada ano, conforme é feito pelo piso nacional que está em vigor, de forma a calcular o valor de recebimento.

De acordo com o valor do salário mínimo de 2021, que foi definido no preço de R$1100, para conseguir saber quanto você possui de direito em cada parcela, só é preciso realizar a divisão do seu salário mínimo por 12 meses, multiplicado pela quantidade de meses que foram trabalhados.

  • 1 mês trabalhado: R$92;
  • 2 meses trabalhados: R$184;
  • 3 meses trabalhados: R$276;
  • 4 meses trabalhados: R$367;
  • 5 meses trabalhados: R$459;
  • 6 meses trabalhados: R$550;
  • 7 meses trabalhados: R$642;
  • 8 meses trabalhados: R$734;
  • 9 meses trabalhados: R$826;
  • 10 meses trabalhados: R$918;
  • 11 meses trabalhados: R$1009;
  • 12 meses trabalhados: R$1100.

Como é feito o repasse do PIS/PASEP?

Referente ao calendário de pagamento do abono salarial com ano base de 2020, do qual seria pago apenas em julho de 2021, ele está com previsão agora para ser pago em fevereiro de 2022, sendo preciso esperar mais alguns meses para seu recebimento.

Publicidade

Indo além disso, espera-se que o governo consiga fazer o pagamento do abono salarial do ano base de 2020 para todos os trabalhadores entre o período de fevereiro e junho, sendo assim, possível facilitar o pagamento do abono com o ano base de 2021, assim como 2022 depois do mês de julho.

Publicidade

Por isso, caso seja seu direito, procure ficar de olho nas datas e no valor de recebimento. Aqui em nosso site você recebe esta e demais informações diariamente atualizadas, portanto, fique sempre ligado!

Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário